Curiosidades, História

Quem inventou os adesivos?

Quem inventou os adesivos?

Além de servirem como divertidos itens de decoração, os adesivos têm muitos usos práticos. Eles podem ser usados em selos postais, etiquetas de preço e até mesmo em rótulos com informações importantes de vários tipos de embalagens. Mas apesar de desempenhar uma grande praticidade na nossa vida cotidiana, poucas pessoas conhecem a origem dos adesivos. Ao longo desse post vamos explorar algumas partes da sua história que os especialistas já foram capazes de descobrir.

Os historiadores acreditam que os primeiros adesivos foram criados pelos antigos egípcios. Essa hipótese ganhou força quando grupos de arqueólogos encontraram restos de papéis colocados nas paredes de antigos mercados egípcios que eram supostamente usados para mostrar os preços das mercadorias. Por outro lado, os adesivos mais modernos podem ter surgido através de Sir Rowland Hill, que inventou um papel adesivo em 1839 que viria a se tornar um dos primeiros materiais a ser usado em selos postais. Alguns especialistas também destacam a grande contribuição do americano R. Stanton Avery no desenvolvimento dos adesivos como conhecemos hoje, já que ele costuma receber o crédito de ter inventado a primeira etiqueta autoadesiva em 1935.

É importante deixar claro que os adesivos evoluíram bastante ao longo do tempo. Os primeiros eram basicamente papéis ligados a superfícies com várias pastas, colas ou emplastros em suas extremidades. Mais tarde, foram desenvolvidos novos tipos que precisavam ser “ativados” através da umidade (daí a tradição de lamber os selos postais). Por último, surgiram os adesivos modernos, que são totalmente autoadesivos e exigem apenas a remoção de uma camada de papel de proteção antes de sair colando-o por aí.

Vale destacar que atualmente existem centenas de tipos de adesivos, que por sua vez são feitos a partir de uma ampla variedade de materiais. Os materiais de base mais populares costumam incluir papel, vinil, látex e plástico. Eles podem ser permanentes, reposicionáveis ​​ou removíveis. Além disso, alguns tipos podem até ser revestidos para permitir que sejam usados ​​ao ar livre em uma variedade de condições climáticas.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: