Curiosidades

Por que o suor é salgado?

Por que o suor é salgado?

Se uma gota de suor já escorreu pelo lado do seu rosto até o canto da sua boca, você já deve saber que esse líquido tende a ser bem salgado. De fato, seja em um momento de nervosismo ou até mesmo em uma sessão de exercícios intensos, todos nós percebemos o sabor salgado do suor em algum momento. Mas afinal, por que ele apresenta essa característica?

O suor é uma espécie de estratégia encontrada pelo corpo para se esfriar. A temperatura ideal do corpo humano gira em torno dos 36º C, mas quando você se exercita ou fica em lugares muito quentes a temperatura dele tende a aumentar. Quando isso acontece, seu cérebro envia uma mensagem para suas glândulas sudoríparas, dizendo-lhes para produzir suor que, em seguida, é secretado através dos poros da sua pele. Para se ter uma ideia, o ser humano tem em média mais de 2,5 milhões de glândulas sudoríparas!

O suor é composto principalmente de água, mas existem pequenas quantidades de outros compostos químicos em sua composição. Por exemplo, o suor também contém amônia e ureia, que são produzidas pelo corpo quando ele quebra as proteínas dos alimentos que você come. O suor também contém açúcar e sais, como sódio, cloreto e potássio. São exatamente essas substâncias que explicam o sabor salgado que você experimenta quando uma gota atinge o seu paladar. Curiosamente, muitas pessoas não gostam de suar por conta do seu suposto mal cheiro. No entanto, esse líquido por si só não cheira mal. Na maioria dos casos, são as bactérias na sua pele que se misturam com ele que acabam lhe conferindo um odor desagradável.

Vale destacar que, apesar de ser um tanto desagradável, o suor é extremamente importante para o nosso corpo. Sem ele, poderíamos superaquecer rapidamente, o que nos causaria problemas ou até mesmo a morte em casos mais extremos. Lembre-se também que o seu corpo pode perder muita água através da transpiração. Portanto, certifique-se de beber bastante água depois de suar muito para que o seu corpo não fique desidratado.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: