Curiosidades

Conheça a história de Hórus

Na Mitologia Egípcia, Hórus é o deus dos céus, dos vivos e da guerra, é um dos mais importantes dessa mitologia,. Era filho de Osíris e Ísis. Sua aparência tinha corpo de homem e cabeça de falcão e seus olhos representavam o sol e a lua. Sua imagem representa a luz, o poder e a realeza. Por volta de 2200 a.C ele foi elevado a símbolo do Egito.

História de Hórus

Seu pai era o deus da vegetação e sua mãe deusa da natureza. Antes de seu nascimento, seu pai foi assassinado por seu tio Set, deus do caos, que tinha inveja da sua vida pois Osíris governava as terras do Egito, enquanto Set governava o deserto somente.

Leia também: Cientistas encontram possível resposta para o mistério das Pirâmides

Osíris foi mumificado, Ísis se transformou em uma ave para poder copular com o marido. Assim, dessa união surge Hórus. Hórus jurou vingar a morte do pai. Travou diversas batalhas com o tio, até que enfim o derrotou e matou. Após derrotar Set, Hórus tornou-se o rei dos Vivos e o governante do Egito, foi responsável por unir o Baixo-Egito e o Alto-Egito.

Olho de Hórus

Em uma das batalhas com Set, Hórus perdeu um olho. Este foi substituído por um amuleto de serpente. Os faraós passaram depois a usar esse amuleto de serpente na frente da coroas. O Olho de Hórus passou a ser então um dos amuletos mais usados no Egito, pois simbolizava o poder real e o bem que venceu o mal.

Os egípcios acreditavam que o olho era o espelho da alma e quem o carregasse estaria protegido de mau olhado. O amuleto representava prosperidade, luz, sorte, saúde e força.  O Olho de Hórus  também é conhecido como Wadjet ou Udya. Esse amuleto é usado até hoje, como símbolo de proteção.

Você conhecia essa história da Mitologia? Conta pra nós!

Leia Também: