Notícias, Tecnologia

Empresa japonesa lançou um software que identifica o ladrão antes de cometer o roubo

Empresa japonesa lançou um software que identifica o ladrão antes de cometer o roubo

Em 2002, quando foi lançado o filme “Minority Report”, estrelado por Tom Cruise, o conceito de prevenir um crime futuro apenas com a análise corporal do suspeito não passava de uma ideia ousada de ficção científica. No entanto, graças ao rápido avanço da inteligência artificial, já temos uma versão inicial da tecnologia exibida nesse filme.

O VaakEye, um software de inteligência artificial desenvolvido pela startup japonesa Vaak, pode supostamente detectar roubos em lojas antes que os mesmos ocorram, analisando imagens de câmeras de vigilância para detectar movimentos suspeitos e comportamentos estranhos de pessoas capturadas no campo de visão das lentes. Se o algoritmo decidir que há uma probabilidade suficientemente alta de uma pessoa furtar a loja, ele envia um alerta por meio de um aplicativo de smartphone para que o crime possa ser evitado.

O VaakEye apareceu no noticiário japonês pela primeira vez em dezembro de 2018, quando conseguiu identificar uma atividade de furto em uma loja de conveniência em Yokohama. O criminoso, um homem de 80 anos, foi preso alguns dias depois de roubar um chapéu. Hoje, a Vaak está atualmente testando uma versão atualizada do seu software apenas em algumas lojas na área de Tóquio, mas planeja instalá-lo em mais de 100 mil estabelecimentos em todo o Japão nos próximos três anos.

O VaakEye é baseado em um algoritmo bastante complexo que aproveita o aprendizado profundo de mais de 100.000 horas de imagens de vigilância reunidas e analisa mais de 100 fatores diferentes, desde rostos, roupas, movimentos, incidência de crimes na área da loja e até mesmo condições climáticas.

Este novo software de prevenção de furtos supostamente ajudou a detectar pelo menos 7 ladrões de lojas em testes realizados em dezembro do ano passado, ajudando com a redução de casos de furtos em 75%, segundo a IT Media. No entanto, a VaakEye não tem a intenção de ajudar a polícia a capturar ladrões de lojas depois dos mesmos cometer em os crimes, mas ajudar os empresários a evitar que o crime seja cometido. Teoricamente, a equipe da loja pode abordar o suspeito após receber um alerta do software e perguntar se ele “precisa de alguma ajuda”. Em tese, isso deve desencorajar os supostos ladrões de levarem os seus planos adiante.

Será que a moda pega? Compartilhe o post e deixe o seu comentário com a gente!

Leia Também: