Curiosidades, História

5 curiosidades sobre Yoko Ono

5 curiosidades sobre Yoko Ono

Yoko Ono, a mulher considerada a razão para a separação dos Beatles, uma das maiores bandas de rock de todos os tempos. Porém, será que seria só isso? Vamos conhecer 5 curiosidades sobre esta incrível mulher!

1. Yoko Ono nasceu em Tóquio no dia 18 de fevereiro de 1933 em uma família abastada que lhe deu a melhor educação. Foi durante a infância e adolescência que ela aprendeu a tocar piano clássico e cantar, isso além de desenvolver seu lado artístico nas ótimas escolas que estudou.

2. Durante a Segunda Guerra Mundial, Yoko dividia seu tempo entre o Japão e os Estados Unidos até que finalmente se mudou para Nova York onde estudou na faculdade de música Sarah Lawrence e conheceu diversos músicos de vanguarda como John Cage.

3. Namorou um jovem rapaz chamado Toshi Ichiyanagi com quem dividiu um loft em Manhattan e fez suas primeiras performances e experiências sonoras. Durante este período lecionou arte japonesa e música em escolas públicas para se sustentar sem o auxílio dos pais. Yoko e Toshi se separaram em 1960 após quatro anos juntos. Depois casou-se com Anthony Cox em 1961 e foi morar no Japão, deste amor nasceu Kyoko Chan Ono Cox. O casal se divorciou em 1969, porém já estavam separados desde 1966.

4. Yoko conheceu John Lennon em 1966 devido a sua exposição individual onde expôs Ceiling Painting que consistia em uma escada que conduzia o observador até um teto de vidro onde havia uma lupa que dizia ‘Yes’. Lennon se encantou pela obra e financiou sua próxima instalação chamada Half-a-Room, uma peça intimista composta por um quarto de casal totalmente branco com mobilhas brancas cortadas ao meio. Esta obra foi baseada no seu divorcio com Anthony Cox.

5. No início dos anos 90 Yoko lançou uma peça muito interessante chamada ONOBOX que era formada por uma caixa com seis CDs que continham toda sua obra desde o princípio. A caixa foi muito aclamada pela crítica e fez com que novas gerações pudessem observar o quão pioneira era sua obra.

Interessante não é mesmo? Comente!

Leia Também: