Curiosidades

Por que o Oceano Atlântico tem esse nome?

O Oceano Atlântico é o segundo maior do mundo, ficando logo atrás do Oceano Pacífico. A formação do Oceano Atlântico ocorreu há aproximadamente 180 milhões de anos através de processos de deriva continental e placas tectônicas, que causaram o rompimento do supercontinente da Pangeia. O Oceano Atlântico cobre aproximadamente um quinto da área total da Terra, que corresponde a aproximadamente 106.460.000 quilômetros quadrados. No entanto, por mais famoso que seja, poucas pessoas sabem por que esse oceano tem esse nome. E é exatamente isso o que vamos explorar ao longo desse post!

O nome “Atlântico” foi usado pela primeira vez durante a era de Heródoto na Grécia Antiga por volta de 450 aC, apresentando um significado que deriva da mitologia grega. Na língua grega, “Atlântico” é vagamente traduzido para significar algo como “a ilha de Atlas” ou “mar de Atlas”. O Atlas nesse caso seria o deus grego da navegação e da astronomia. Depois da Titanomaquia (a guerra dos titãs liderados por Cronos contra os deuses olímpicos liderados por Zeus), acreditava-se que Atlas passou a sustentar o céu por toda a eternidade, já que é dito que Zeus deu a Atlas a responsabilidade de suportar o peso da Terra.

No entanto, você agora pode estar se perguntando “tá mas, por que o Oceano Atlântico foi nomeado em homenagem a Atlas?” Pois bem, Atlas sempre foi considerado forte o suficiente para apoiar o mundo inteiro em seus ombros. De fato, esculturas e imagens de Atlas geralmente mostram-o se dobrando e apoiando a Terra em seus ombros. Desse modo, tal homenagem seria uma forma de demonstrar a braveza das águas nesse oceano, que por sua vez sempre pareceram ser tão fortes quanto o próprio Atlas.

Curiosamente, esse oceano já teve outros nomes bem esquisitos. O povo árabe era o que mais tinha nomes para designar o Oceano Atlântico durante a Idade Média, sendo Bahr-al-Zulumat o mais proeminente. Esse nome se traduz vagamente como “Mar das Trevas”. O Oceano Atlântico também já foi referido como “Nun” ou “Mar Exterior” ou simplesmente o “Mar Ocidental”, que foi usado até a chegada de Colombo. O nome “Mar das Trevas” também era usado para indicar como o mar assustava muitas pessoas, pois acreditava-se que muitas vidas se perderam nessas águas durante longas viagens de barco.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de