Curiosidades

Qual é o rio mais poluído do mundo?

Qual é o rio mais poluído do mundo?

A poluição da água é uma das principais questões ambientais que enfrentamos no mundo atual, já que mais de 70% da superfície da Terra é coberta por esse bem precioso. No caso dos rios, a situação costuma ser ainda mais grave, já que esses grandes corpos d’água costumam ser a principal fonte de água potável para o consumo humano. Mas apesar de ser um problema geral, existem certos rios que apresentam uma situação absolutamente desesperadora por conta da extrema poluição das suas águas. Consequentemente, isso levanta uma questão interessante: afinal, qual é o rio mais poluído do mundo?

Canecas para Presente

O infeliz título de rio mais poluído do mundo pertence ao Rio Citarum, localizado na Indonésia. O Citarum é o terceiro maior rio da ilha de Java. O que antes era um corpo de água limpa e praticamente intocada, hoje está cheio de lixo industrial e doméstico, o que acabou lhe conferindo esse triste recorde. Ao longo do seu curso, é possível ver com muita facilidade a flutuação de plásticos, sacos de embalagem e até mesmo o despejo de rejeitos através do esgoto que se encontra com as suas águas.

Em tempos antigos, o rio ganhou notoriedade ao facilitar o crescimento da cultura de fabricação de cerâmica de Buni. Sítios arqueológicos, inscrições em pedra, bem como fontes chinesas sugerem que a civilização prosperou nos estuários e vales de Citarum no século IV ou até mais cedo. No entanto, com a rápida industrialização da região nos anos 80, mais de 800 indústrias têxteis se estabeleceram na área e canalizaram rejeitos de corantes e outros produtos químicos diretamente para o rio Citarum. Atualmente, existem mais de 2.000 indústrias perto do rio, a maioria das quais despeja produtos químicos tóxicos como o arsênico.

Além disso, as más práticas de saneamento em torno do rio fazem com que as famílias canalizam seus resíduos para o Citarum, jogando desde sacolas plásticas e embalagens vazias a até mesmo pesticidas e resíduos agrícolas. Vale destacar que a província de Java Ocidental não conta com um sistema eficiente de eliminação de resíduos, portanto o rio se tornou um local de despejo tanto para pessoas quanto para indústrias. O lixo faz a água adquirir cores incomuns e também desenvolve maus odores. A situação ainda consegue ser agravada pela falta de leis de poluição no país.

Conjuntos de medidas para limpar o rio foram anunciados em novembro de 2011, com um custo estimado de US $ 4 bilhões gastos ao longo de 15 anos. No entanto, a limpeza está ocorrendo a um ritmo muito mais lento do que o previsto, de modo que, infelizmente, a poluição do local ainda deverá continuar prosperando por um bom tempo.

Um triste retrato da falta de preocupação com o meio ambiente, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: