Curiosidades, Saúde

Você sabia que é possível morrer de tanto rir?

Sabe quando nós damos tanta gargalhada que dói o estômago e as bochechas? Isso não é morrer de tanto rir, mas você está no caminho!

Morrer de tanto rir é chamado pela ciência de hilaridade fatal e é possível sim! Houveram diversas mortes na história causadas por uma boa gargalhada, o que é um tanto assustador. A hilaridade fatal é um tipo bastante raro de morte que ocorre em função de uma parada cardíaca ou asfixia que ocorre logo na sequência de uma crise de risos. Existem casos registrados desde a Grécia Antiga até os dias de hoje e o termo foi criado em 1956.

O primeiro registro que se tem é da morte de Crisipo de Solis, um filósofo grego que viveu durante o Século III a. C. Dizem que ele faleceu após dar vinho a seu burro de estimação e vê-lo se alimentando de figos. Isso teria causado uma crise de risos no filósofo que o levou a morte. Depois, em 1410 tivemos o Rei Martim I de Aragão que faleceu após uma crise incontrolável de risadas acompanhada de indigestão. Já em 1556 Pietro Aretino faleceu sufocado após não conseguir parar de rir e em 1660 o aristocrata Thomas Urquhard da França faleceu após saber que Carlos II havia conquistado o trono, o fato o fez rir tanto que o tornou vítima da hilaridade fatal.

Já na modernidade tivemos três casos, o primeiro em 1975 quando o inglês Alex Mitchell faleceu, no momento ele assistia The Goodies e passou 25 minutos rindo de forma incontrolável até ter uma insuficiência cardíava que causou sua morte. Sua viúva enviou uma carta ao The Goodies agradecendo por ter proporcionado momentos muito agradáveis ao seu marido antes de falecer.

Depois, em 1989 o audiologista dinamarquês Ole Bentzen também faleceu de tanto rir, isso ocorreu enquanto assistia A Fish Called Wanda e durante uma cena ele riu tanto que seus batimentos foram de 250 a 500 por minuto, causando uma parada cardíaca. O último caso que se sabe ocorreu em 2003 com Damnoen Saen-um, um vendedor de sorvete da Tailândia que faleceu rindo enquanto dormia. Sua esposa não conseguiu acorda-lo e ele acabou parando de respirar após dois minutos de risada, assim falecendo de asfixia.

Depois de tudo isso só digo uma coisa: Cuidado com sua série de humor favorita. Gostou da curiosidade? Comente!

Leia Também: