Curiosidades

Conheça as curiosas árvores tortas de Hafford

Conheça as curiosas árvores tortas de Hafford

A aproximadamente vinte quilômetros a noroeste da cidade de Hafford, em Saskatchewan, Canadá, existe um bosque de álamos trêmulos com troncos e galhos incrivelmente torcidos, como se alguém os pegasse com as duas mãos e os envolvesse em nós. As chamadas “Árvores Tortas de Hafford” se transformaram em uma atração local desde pelo menos a década de 1940. De acordo com Rick Simmonds, dono da propriedade sobre a qual o aglomerado de árvores se encontra, o local é visitado por cerca de cinco mil visitantes todos os anos.

A aparência retorcida das árvores deu origem a várias teorias sobre como elas surgiram. Alguns dizem que existe algo no solo, provavelmente alguns agentes contaminantes que se espalharam no local quando um meteorito caiu na área. Outros dizem que tudo surgiu por conta de um relâmpago, enquanto outros tentam ligar isso a alguma teoria alienígena.

No entanto, existe uma explicação científica muito mais plausível. Quando amostras dessas árvores foram colhidas e cultivadas em outros lugares, elas mostraram ter o mesmo padrão de crescimento torcido, sugerindo que a causa está enraizada na genética, possivelmente sendo o resultado de uma mutação que faz com que a árvore “cresça para baixo” em vez de crescer para cima. De fato, o gene responsável por esse comportamento pode até ser letal para a árvore, explica Rick Sawatzky, um técnico que trabalha no departamento de horticultura da Universidade de Saskatchewan.

Se essas árvores competissem pela luz solar com álamos saudáveis, elas certamente morreriam, já que os outros álamos bloqueariam a luz do sol. Sawatzky acredita que elas foram capazes de sobreviver por tanto tempo porque simplesmente nunca enfrentaram esse grau de competição.

Como uma forma de preservar o local, há alguns anos o conselho de turismo local, juntamente com a ajuda da comunidade, construiu uma passarela de madeira para impedir que os visitantes atropelem qualquer árvore nova que possa estar se desenvolvendo no local.

Lugar interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: