Curiosidades

Por que não podemos comer grama como outros animais?

Por que não podemos comer grama como outros animais?

Poucas coisas no mundo conseguem ter um aroma tão fresco e agradável como um gramado recém-cortado. De fato, esse perfume pode permanecer no ar por horas! Mas você já parou para pensar que, apesar da grama ser tão “bonitinha” e ter um aroma tão característico, ela não é usada como alimento por nós? Afinal, se a grama é verde assim como alface, brócolis e espinafre, então ela também deveria ser boa para o nosso corpo, certo?

Na verdade, não é bem assim. De um modo geral, você até pode comer grama, já que se trata de algo natural e que não é tóxico. No entanto, não existe razão alguma para comê-la, a menos que você queira correr o riso de ficar doente. Basta perguntar aos congregantes de uma igreja sul-africana. Em 2014, o pastor deles os fez comer grama para supostamente “ficar mais perto de Deus”. Na ocasião, apesar de uma pessoa até alegar que sua dor de garganta foi curada, a maioria dos relatos sugerem que muitos ficaram doentes. Além disso, comer grama não promove algum tipo de valor nutricional para os seres humanos, diferentemente do que acontece com vacas, carneiros, veados e ovelhas.

Esses e outros ruminantes contam com sistemas digestivos especiais, incluindo um estômago de quatro câmaras, que lhes permite consumir e metabolizar os nutrientes na grama. Por outro lado, nós humanos não temos tais estômagos. Isso significa que a grama simplesmente não funciona em nossas entranhas. Se comermos muito, provavelmente vomitaremos ou teremos diarreia. Em uma das hipóteses, ela nem pode ser digerida, tendo a possibilidade de sair nas fezes praticamente com a mesma aparência que entrou no organismo.

Além disso, comer grama não é nada bom para os dentes humanos. Isso porque ela contém muita sílica, o principal ingrediente de muitas rochas, incluindo quartzo e arenito. Desse modo, ela pode facilmente desgastar o esmalte dos seus dentes. Vacas, cabras e ovelhas não têm esse problema, já que seus molares destroem a planta em pedacinhos, o que facilita a digestão. Os ruminantes também têm dentes que estão sempre crescendo, o que significa que eles podem substituir rapidamente a superfície desgastada.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: