Curiosidades, História

Como surgiram os nomes dos meses do ano?

Como surgiram os nomes dos meses do ano?

Você sabia que janeiro nem sempre foi o primeiro mês do ano? E que o calendário antigo contava com apenas dez meses? Pois bem, mesmo que o nosso calendário moderno seja bem diferente do sistema usado pelos antigos romanos, eles nos deram algo muito importante que continuam praticamente inalterados até hoje: os nomes dos meses. Essencialmente, existem três fontes básicas de todos esses termos: divindades, governantes romanos e números. Confira a seguir como tudo isso influenciou a nomeação de cada mês, de janeiro a dezembro:

Janeiro

Janeiro nem sempre foi o primeiro mês em nossos calendários. Para os antigos romanos, o ano começava em março e terminava dez meses depois, em dezembro. Os meses de janeiro e fevereiro, entretanto, não tiveram títulos oficiais durante séculos. Tudo mudou quando o rei Numa Pompílio resolveu renovar o calendário romano por volta de 690 a.C., criando o mês de janeiro em homenagem à Janus, o deus romano das mudanças e transições.

Fevereiro

Os antigos romanos sempre celebravam o final do ano com um festival chamado “Februa”. Quando o rei Pompilio renovou o calendário romano, ele criou o mês de fevereiro para dedicá-lo à esse período de celebrações.

Março

Se você tivesse nascido antes de 690 a.C., teria considerado março o primeiro mês do ano. Uma tradição da época pedia que os romanos colocassem suas espadas em um cessar-fogo antes desse mês, o que significava que as guerras poderiam ser retomadas em 1º de março. Como resultado, muitos especialistas acreditam que os romanos nomearam março em homenagem à Marte, o deus romano da guerra.

Abril

Por incrível que pareça, a origem do nome de abril tem confundido historiadores por séculos. Alguns historiadores acreditam que o nome está ligado ao termo “aperire”, que significa “abrir” em latim, numa clara referência à abertura da temporada de plantio nessa época do ano. Ainda assim, outros especulam que abril recebeu este nome em homenagem à Afrodite, deusa grega do prazer e da beleza. No entanto, tudo isso é palpite, já que nunca se chegou a uma conclusão sobre a exata origem do nome desse mês.

Maio

O mês de maio foi batizado em homenagem à deusa grega Maia, guardiã da natureza. Se você nunca ouviu falar sobre ela, você certamente não está sozinho. Maia pode ter sido uma das divindades menos conhecidas da mitologia grega, apesar de ter laços muito importantes com outras divindades bastante conhecidas. Segundo a mitologia grega, Maia era filha de Atlas (o titã que carregava o mundo nos ombros) e mãe de Hermes (o mensageiro dos deuses). Ela também era conhecida como a deusa da terra, então não é surpresa que este mês que dá início à primavera no hemisfério norte tenha recebido esse nome.

Junho

Os romanos nomearam Junho em homenagem à Juno, a deusa romana do amor e do casamento. Como sua contraparte grega Hera, Juno era casada com o principal deus romano, Júpiter, além de também ser considerada a rainha dos deuses.

Julho

Como o calendário romano antigo começava em março, o mês de julho servia como o quinto mês do ano. Dito isso, não é difícil compreender que esse mês já tenha sido chamado de “Quintilis”, que significa “quinto” em latim. Mas em 44 a.C., julho foi renomeado em homenagem à Júlio César, cujo aniversário caia neste mês.

Agosto

A origem do nome de agosto é semelhante ao do mês de julho. Agosto tinha sido anteriormente chamado de “Sextillia” (nome em latim para “sexto”), mas foi renomeado para homenagear César Augusto quando este se tornou imperador de Roma. Sobrinho-neto de Júlio César, Augusto recebeu o nome de Caio Otávio quando criança e só adotou o título de Augusto, que significa “consagrado ou venerável” em latim, depois de reivindicar o trono romano.

Setembro

Como o sétimo mês do antigo calendário romano antigo, setembro tem origens que soarão familiares aos leitores atentos. A palavra “septem” significa “sete” em latim. No entanto,  como você pode ter notado, a numeração desse mês está agora ligeiramente distorcida, já que no calendário atual setembro é o nono mês do ano.

Outubro

Semelhante ao caso de setembro, o nome outubro é derivado de “octo”, que significa “oito” em latim. No passado, os romanos consideravam outubro o oitavo mês do ano e o nomearam como tal. Embora o calendário tenha sido reordenado séculos atrás, os nome original desse mês ainda conseguiu se manter do mesmo jeito.

Novembro

Assim como nos meses de setembro e outubro, a história por trás do nome do mês de novembro é surpreendentemente simples. Os romanos apelidaram o nono mês do ano com a palavra “novem”, que é o termo para “nove” em latim.

Dezembro

Apesar das mudanças ao longo da história, tanto os calendários romanos modernos quanto os antigos compartilham uma coisa em comum: ambos terminam o ano com o mês de dezembro. No caso da origem do nome desse mês, o padrão romano de nomear meses por ordem numérica ainda se aplica, afinal não é preciso ser um cientista de foguetes da NASA para adivinhar que dezembro recebeu esse nome por conta da palavra latina “decem”, que significa “dez”.

E você, já conhecia a origem do nome de alguns dos meses? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: