Curiosidades

Por que o piso dos carros é geralmente forrado com carpete?

Por que o piso dos carros é geralmente forrado com carpete?

Não sei você, mas muita gente simplesmente não consegue entender a lógica por trás do uso de carpetes no piso dos carros, afinal esse acessório é notoriamente difícil de manter limpo, já que vive particularmente sujo de lama e outras substâncias que ficam presas nas solas dos sapatos todos os dias. Mas a verdade é que realmente existem boas razões para o fato desse tipo de revestimento ser praticamente um padrão nos carros atuais.

Em um ramo tão competitivo e inovador quanto a indústria automotiva, a maioria das decisões costuma ser tomada por boas razões e o carpete não é exceção. Em seu nível mais básico, o carpete é feito de milhares de minúsculos laços de tecido, seja de lã, rayon, nylon ou qualquer outro material. Essa qualidade estrutural significa que os diferentes loops de tamanhos, dimensões, ângulos e espirais variados poderão interagir com uma ampla gama de ondas sonoras. Por sua vez isso é muito importante nos carro, já que um motor pode fazer muito barulho, assim como todas as partes essenciais de um veículo sob estradas mais desafiadoras. Desse modo, o carpete no piso do automóvel funciona como um excelente amortecedor de som, já que o barulho e a vibração do material rodante do carro é amplamente absorvido. Para se ter uma ideia, cerca de 40% dos ruídos do carro pode ser eliminado através da simples aplicação de carpetes e esse acessório não só fornece isolamento quando se trata de som, mas também em termos de regulação da temperatura do piso veículo.

Além disso, no passado, os constantes vazamentos nos carros culminavam em um grande problema, já que resultavam em mofo e em uma maior ocorrência de ferrugem. O carpete também passou a ser usado para combater esses males, sendo uma solução eficaz e um mecanismo de defesa muito útil contra esses sinais de envelhecimento, já que ele poderia absorver líquidos e evitar que água ou óleo ficassem acumulados por muito tempo em um lugar e corroessem o piso do carro.

Quando se trata de alternativas viáveis ao tradicional revestimento de carpetes nos carros, existem alguns projetos interessantes em fase de testes, incluindo novos materiais que podem imitar texturas orgânicas, como o bambu, ao mesmo tempo em que ainda fornecem isolamento de ruído e controle de temperatura. Vale destacar que materiais de couro, superfícies foscas e madeiras leves ou sintéticas também poderiam ser empregadas para um piso de carro mais estético e fácil de limpar, mas o problema é que tudo isso viria junto com um preço bem significativo. Por outro lado, o bom e velho carpete é barato e fácil de produzir, por isso ainda deve continuar a ser usado por muito tempo.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: