Curiosidades, História

Quem inventou a catapulta?

Quem inventou a catapulta?

As armas de guerra têm uma história tão antiga que remonta há milhares de anos. De estilingues a canhões, as armas viram uma evolução constante ao longo do tempo, mais especificamente à medida que múltiplos inventores procuravam criar novas tecnologias. Uma das mais importantes na Idade Média foi a catapulta, que até hoje marca presença em parques e museus históricos. Mas afinal, quem foi o responsável por inventar essa arma tão importante nas guerras do passado?

Como surgiu a catapulta?

A catapulta foi inventada pelos gregos por volta de 400 dC., tendo o seu projeto geralmente creditado ao tirano Dionísio I de Siracusa. A arma apresentava um design bem simples, que era basicamente um braço com um balde no final que poderia ser puxado para trás para criar um campo de tensão. Um projétil, como uma pedra, era então colocado no balde e a tensão era liberada, impulsionando a rocha com grande força em direção a um alvo. Duzentos anos depois, o cientista e matemático grego Arquimedes usou princípios matemáticos para refinar ainda mais a invenção, fazendo uma catapulta que poderia lançar projéteis muito mais pesados do que o modelo original.

Como funciona uma catapulta?

A catapulta é um mecanismo relativamente simples que possui um longo feixe de madeira que gira ao longo de um eixo horizontal. A viga de madeira tem uma espécie de colher anexa na extremidade superior, onde o projétil é colocado. Quando o braço gira, ele usa a energia armazenada para liberar o projétil. O ângulo no qual o projétil é lançado é controlado por uma barra transversal, que é posicionada a uma certa distância da extremidade superior do braço para impedi-lo de girar continuamente.

Quais são tipos de catapultas?

Pouca gente sabe, mas além da catapulta propriamente dita que você certamente já conhece, existem outras duas tecnologias que também se enquadram na categoria de catapulta: a balista e o trabuco. A balista parece com uma balestra superdimensionada e funciona como tal. A balista usa uma tensão acumulada na corda para atirar flechas de grandes dimensões e outros projéteis em direção ao inimigo, sendo menos poderosa que a catapulta, porém muito mais precisa. Já o trabuco é o tipo mais eficiente e preciso tipo de catapulta, tendo sido muito usado na Idade Média. O trabuco usa um contrapeso mais pesado para lançar projéteis no ar. Por sua vez, o projétil pode atingir uma velocidade bastante alta quando a relação entre os comprimentos dos braços da alavanca é grande.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: