Curiosidades

Conheça a localização geográfica que possui o maior nome do mundo!

Conheça a localização geográfica que possui o maior nome do mundo!

Existem ruas, bairros, cidades, regiões e diversas outras categorias de localização geográfica em todo o planeta e cada uma delas possui um nome para chamar de seu. Entretanto, você já parou para pensar em qual seria o maior deles? Prepare-se!

Taumatawhakatangihangakoauauotamateaturipukakapikimaungahoronukupokaiwhenuakitanatahu

Sim, este é o nome. Não, não tô brincando não… Não, não dormi com a cabeça no teclado do notebook. Sabe o que significa?

O cume onde Tamatea, o homem de joelhos grandes, o deslizante, o montanhista de montanhas, o engolidor de terras que viajou, tocou seu kuauau (flauta) a sua amada.

Conte-me mais, estou curioso…

Taumatawhakatangihangakoauauotamateaturipukakapikimaungahoronukupokaiwhenuakitanatahu, ou simplesmente Taumata (como iremos chamar aqui apenas porque já somos íntimos) é uma colina que possui 305 metros de altura e que fica próxima a Porangahau no sul de Waipukurau na região meridional da Baía de Hawke na Nova Zelandia. Ela chama a atenção de quem passsa devido a seu nome de origem maori, isso porque ela na verdade é bastante normal.

A localização geográfica atingiu certa fama após aparecer no Guinness World Records como o nome de localização geográfica mais longo do mundo. Ele também aparece no World Atlas como o local com o nome mais longo de todo o globo. Caso você não tenha parado para contar, a denominação de Taumata possui incríveis 85 caracteres e você aí pensando que era difícil falar inconstitucionalissimamente.

Versões diversas

Existe uma versão deste nome que possui 92 letras – Taumatawhakatangihangakoauauotamateaurehaeaturipukakapikimaungahoronukupokaiwhenuakitanatahu – enquanto outra forma de escreve-la alcança incríveis 105 letras – Taumata-whakatangihanga-koauau-o-tamatea-haumai-tawhiti-ure-haea-turi-pukaka-piki-maunga-horo-nuku-pokai-whenua-ki-tana-tahu. Esta última possui um significado diferenciado e um tanto curioso, veja bem:

“O morro da flauta tocado por Tamatea – que foi soprado de longe, tinha um pênis cortado , roçou os joelhos subindo montanhas, caiu sobre a terra e cercou a terra – para sua amada”.

Para facilitar, o Banco de Dados que nomeia e armazena os nomes de localizações da Nova Zelância chama o cume por um nome mais curto que possui ‘apenas’ 57 caracteres:

Taumatawhakatangihangakōauauotamateapōkaiwhenuakitānatahu

Quem era Tamatea?

Tamatea-pōkai-whenua (Tamatea, o explorador da terra) era o pai de Kahungunu, ancestral da tribo Ngāti Kahungunu iwi. Este herói apareceu nas lendas desta tribo e também percorre as tradições do iwi de Northland onde é dito que foi ele o responsável por explorar os portos de Hokianga e Kaipara. Ele teria deixado seu filho Ranginui para continuar seu legado de acordo com as tradições da região de Bay of Plenty. Tamatea teria explorado Gisborne, Maia, Wairoa, Napier, Heretaunga e Pōrangahau. Também teria viajado pelo rio Mangakopikopiko até o Lago Taupo. Nas primeiras lendas é possível saber que Tamatea teria navegado pela costa leste de canoa até que ela teria sido destruída no extremo sul e transformada na cadeia de montanhas que leva seu nome.

Eu já ouvi este nome em algum lugar…

Sim, isso porque Taumatawhakatangihangakoauauotamateaturipukakapikimaungahoronukupokaiwhenuakitanatahu já apareceu na cultura popular em diversas ocasiões. Foi apresentado em um jingle do refrigerante Mountain Dew e também em um anúncio da Seek Learning TV da Austrália. Também apareceu no single The Lone Ranger gravado em 1976 pela banda Quantum Jump, foi assunto de uma canção dos anos 60 de Peter Cape e ainda foi utilizado no nome do álbum de uma banda chamada ‘The Buster Moon’, o nome seria Going to Taumatawhakatangihangakoauauotamateaturipukakapikimaungahoronukupokaiwhenuakitanatahu. Por último, porém também interessante, a tenista Martina Navratilova teria aprendido a pronunciar o nome do local quando tinha apenas 10 anos!

Você conhecia esta história bizarra? Comente!

Leia Também: