Curiosidades, Entretenimento, Tecnologia

Playstation 5 e Xbox Scarlett: o que esperar da nova geração de consoles?

Playstation 5 e Xbox Scarlett: o que esperar da nova geração de consoles?

Se você é um fã de games, deve saber muito bem que já está mais que na hora de falarmos sobre os consoles da próxima geração. Tanto o Playstation 4 quanto o Xbox One estão em serviço há quase oito anos, um período que já é suficiente para abrir uma nova fase de máquinas de jogos.

Embora a Sony e a Microsoft tenham ficado de boca fechada sobre maiores detalhes relacionados aos seus futuros consoles, ambas já forneceram algumas dicas que ajudam a dar indícios sobre as máquinas que estão por vir. Mais recentemente, o Xbox compartilhou as suas intenções sobre o Projeto Scarlett, o codinome usado para descrever o projeto envolvendo o seu novo console. Já do outro lado, a Sony permaneceu quieta sobre grandes notícias sobre seus desenvolvimentos, embora tenham havido boatos interessantes sobre o sucessor do PS4.

Mas afinal, o que podemos esperar da nova geração de consoles? Quais inovações deverão estar presentes nessas novas máquinas? Ao longo desse post, você vai ficar por dentro dos principais aperfeiçoamentos que deverão marcar presença no futuro dos games. Confira!

Gráficos aprimorados e melhor performance

Impulsionados pelos circuitos integrados da AMD, tanto o PlayStation 5 quanto o Xbox Scarlett poderão apresentar uma alta qualidade no processamento gráfico dos games. No caso do Playstation 5, o console japonês será equipado com um chipset AMD de 8 núcleos e uma GPU Navi, com base nas configurações atuais de um desktop de alta performance. No caso do Xbox Scarlett, ele apresentará características similares com a sua arquitetura Zen 2 e Navi, que promete ser quatro vezes mais potente que o Xbox One X, que é o console mais poderoso da geração atual.

Em outras palavras, o emparelhamento das melhores CPUs e GPUs do mercado ajuda a fornecer o que há de melhor na tecnologia de processamento gráfico para os games. Com todo esse poder, os desenvolvedores de jogos poderão ultrapassar os limites do que está atualmente disponível nos consoles da geração atual. Desse modo, os jogadores poderão esperar uma taxa de quadros mais suave, sem falar que a resolução 4K finalmente será o padrão da indústria, podendo até abrir espaço para a resolução 8K em certos games.

Outro ponto que merece destaque é a velocidade de carregamento dos jogos, que com a nova geração de consoles deverá ser até 40 vezes mais rápida. Com todo esse poder, os cenários dos jogos poderão ser renderizados muito mais rapidamente, permitindo aos desenvolvedores a inclusão de detalhes ainda mais meticulosos sem a preocupação de que isso afete negativamente a jogatina.

Grande investimento na retrocompatibilidade

Nas gerações anteriores, os desenvolvedores resolveram enfatizar o lançamento de games com jogabilidade e gráficos inovadores como uma forma de atrair os jogadores a escolherem suas novas máquinas imediatamente. Por conta disso, eles tiveram a difícil tarefa de persuadir os jogadores “esquecer” os seus antigos consoles e as dezenas de jogos que tinham, passando para a próxima geração com apenas alguns poucos games disponíveis.

No entanto, essa estratégia não obteve os resultados esperados, de modo que tanto o PlayStation quanto o Xbox provavelmente aprenderam muito com tudo o que se sucedeu. Por isso, Sony e Microsoft já fizeram questão de anunciar a compatibilidade retroativa com seus futuros consoles. Desse modo, você não precisará sentir aquela horrível sensação de ter que abandonar a biblioteca de jogos do seu console antigo para migrar para uma nova máquina.

Os proprietários do PS4 ficarão felizes em saber que o Playstation 5 poderá rodar todos os jogos do console anterior. Por outro lado, o novo Xbox deve ir ainda mais além, prometendo a compatibilidade retroativa para todos os títulos já lançados desde o primeiro Xbox. Eles também fizeram questão de confirmar que todos os periféricos atuais do Xbox One, como os controles e os headsets existentes, também funcionarão com os consoles de próxima geração. Mais praticidade e encomia para o nosso bolso, não é mesmo?

Streaming e desenvolvimento de jogos na nuvem

Com o anúncio do Stadia, o Google meio que se autoproclamou a “Netflix dos videogames”, mas alguns comunicados já emitidos por Sony e Microsoft indicam que PlayStation e Xbox terão seus próprios serviços de streaming de jogos. Curiosamente, isso fica ainda mais interessante se levarmos em conta a decisão das rivais de trabalhar juntas e compartilhar recursos para que seus respectivos serviços em nuvem funcionem adequadamente. A colaboração envolveria o compartilhamento de servições de infraestrutura e dados para dar a esses fabricantes de consoles já estabelecidos no mercado uma vantagem inicial sobre as “forasteiras”.

Essa colaboração nem é tão surpreendente quando consideramos quem eles estão enfrentando. A Google pode não ter experiência e história no mundo dos jogos, mas certamente tem a infraestrutura suficiente para perturbar o atual duopólio de Sony e Microsoft. No fim das contas, isso pode atrair mais desenvolvedores para a produção de jogos na nuvem. Além disso, ter os consoles em nossas residências, em vez dos datacenters da Stadia, também pode significar uma renderização mais rápida e uniforme, o que pode ser a grande vantagem que a Sony e a Microsoft terão sobre o Google.

Até o momento, muitos detalhes sobre os serviços em nuvem do PlayStation e do Xbox ainda estão em segredo. De fato, nós nem sabemos a data exata de quando eles estarão disponíveis, mas como ambas as empresas possuem tecnologias altamente preparadas para o futuro, tanto o Playstation 5 quanto o Xbox Scarlett parecem estar preparados para a concretização de uma nova forma de curtir os games que tanto amamos.

E quanto aos jogos lançados para as novas plataformas?

Nós ainda não sabemos quais títulos serão lançados no primeiro ano dos consoles da próxima geração (além do novo Halo para o Xbox e o Ghosts of Tsushima para o PlayStation). Por conta disso, as novidades que realmente poderão chamar a atenção devem vir a longo prazo. Os jogos ficarão mais bonitos graças às suas atualizações gráficas e a possibilidade da produção de games em 8K parece irresistível, embora as TVs desse nível ainda não estejam prontamente disponíveis na maioria das residências.

Jogos na nuvem também parecem ser o caminho do futuro, mas poucos de nós têm uma conexão com capacidade de transmissão suficiente para renderizar jogos 4K instantaneamente. Assim, a próxima geração de consoles certamente parece ser promissora, mas é preciso esperarmos para ver o real desenrolar de tudo isso.

E você, está ansioso para ver o que o Playstation 5 e o Xbox Scarlett poderão oferecer ao mercado dos games? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: