Curiosidades

6 coisas que você não sabia sobre a Chevrolet

6 coisas que você não sabia sobre a Chevrolet

A Chevrolet foi fundada em 1911 em Detroit, no estado americano do Michigan, que se tornou o epicentro da fabricação de carros. Essa grande montadora tem uma longa história cheia de detalhes que levaram ao seu sucesso contínuo. Ao longo de sua trajetória, a Chevrolet conseguiu sobreviver a guerras e depressões, apesar de todas as probabilidades estarem contra ela. De fato, a Chevy continua a criar veículos excelentes até os dias de hoje.

Canecas para Presente

Pensando nisso, nós do TriCurioso resolvemos listar algumas curiosidades interessantes que você provavelmente ainda não sabia sobre esta antiga montadora. Esses fatos são bem interessantes e ajudarão você a ver esta empresa sob uma nova luz à medida que aprende mais sobre a sua história. Sem mais delongas, continue lendo para ficar por dentro de seis fatos curiosos que você não sabia sobre a Chevrolet!

6. Existem vários rumores sobre a origem do seu logotipo

O icônico logotipo da Chevrolet foi introduzido em 1913 por William C. Durant, co-fundador da empresa, mas a história por trás do logo muda dependendo de quem você pergunta. Basicamente, existem três histórias diferentes envolvendo a criação do emblema da Chevy, sendo elas provenientes do próprio William C. Durant, de sua esposa e de sua filha.

Durant afirmou que a inspiração veio do papel de parede de um hotel em que ele ficou hospedado durante o tempo em que ficou na França. Sua filha, por outro lado, disse que o logo tinha sido proveniente de um desenho escolhido de um dos seus muitos rabiscos na mesa de jantar. Além disso, há quem dê crédito à história da esposa de Durant, pois suas explicações levaram muita gente a acreditar que William C. Durant meio que roubou o design do logo da Coalettes, uma empresa de carvão comprimido.

5. Louis Chevrolet só permaneceu na empresa por três anos

Louis Chevrolet começou como mecânico e, eventualmente, tornou-se também um piloto de carros de corrida da Buick. William C. Durant, fundador da General Motors, viu seu talento e decidiu se unir a ele para criar uma nova empresa que teria o seu sobrenome, o que poderia ajudar na popularização da marca.

Durant teve a visão de criar carros a preços acessíveis que todos pudessem pagar, mas a ideia que Louis Chevrolet tinha em mente era a fabricação de veículos bem mais sofisticados. Devido a essas divergências, Chevrolet acabou deixando a empresa, mas o sobrenome permaneceu na companhia. Depois da sua saída da Chevy, ele até se aventurou em outras empresas de automóveis ao longo de sua vida, mas nunca foi capaz de construir uma empresa tão grande quanto a que leva o seu nome.

4. O primeiro modelo fabricado pela empresa foi um grande fracasso

O Chevrolet Series C foi o primeiro e único carro da Chevrolet que o próprio Louis viu deixar a linha de produção. O objetivo por trás do seu projeto era criar um carro que rivalizasse com o Model T da Ford, tendo sido lançado em 1911. No entanto, todo o projeto acabou dando muito errado, pois o carro simplesmente não vendia, em parte devido ao preço de US $ 2.250, o que era muito caro para a época.

Ainda assim, os engenheiros da Chevy não desistiram tão cedo. Eles continuaram trabalhando em melhorias do veículo, que curiosamente só melhorou realmente quando Louis Chevrolet finalmente deixou a sua própria empresa. Hoje, você pode ver uma versão completa deste carro no Sloan Museum, em Flint, no estado americano do Michigan, o mesmo local onde esse veículo foi fabricado.

3. A Chevrolet construiu o primeiro SUV

Pouca gente sabe, mas a verdade é que o Chevrolet Suburban Carryall foi o primeiro SUV a chegar ao mercado. Além disso, esse veículo também detém o recorde de linha de SUVs mais duradoura. O Suburban Carryall foi introduzido em 1933 para competir com o popular Wagon da Studebaker.

A primeira geração dos utilitários esportivos que conhecemos e amamos hoje surgiu em 1935 e apresentava algumas características importantes, como bancos removíveis e muito espaço para transportar passageiros ou até mesmo pequenas cargas. Ele foi icônico para o período e inspirou a criação de alguns dos SUVs mais famosos que estão no mercado nos dias de hoje.

2. Durante a Segunda Guerra Mundial, a Chevy interrompeu a sua produção de carros civis para focar nos esforços militares

Quando a Segunda Guerra Mundial estourou, os diretores da Chevrolet decidiram parar de produzir veículos civis para que eles pudessem se concentrar em toda a demanda de materiais para a guerra que o Exército americano exigia. Assim, eles facilmente converteram sua linha de produção em uma fábrica industrial com todo o maquinário relacionado à guerra.

Inicialmente, eles se concentraram na construção de carros blindados T-17 Staghound, mas também ajudaram na criação de motores de avião, projéteis de artilharia, peças fundidas em ferro e muito mais. Eles ainda tinham uma fábrica de peças de reposição para veículos civis existentes, só que, de certo modo, eles estavam mais de olho no grande lucro que a guerra prometia colocar nos bolsos.

1. A Chevrolet tentou popularizar um volante duplo

O Chevrolet Turbo Titan II foi um veículo conceitual que foi apresentado oficialmente ao público em 1965. Vale destacar que a primeira caminhada espacial americana também ocorria neste mesmo ano, o que de certo modo fez com que as empresas de automóveis tentassem incentivar as paixões das pessoas ao criar veículos com interiores baseados em temas espaciais. A Chevy já tinha o que era chamado de “assentos de astronauta”, mas o que era ainda mais estranho era o volante duplo que ela tentou popularizar.

Na verdade, a empresa decidiu criar um volante duplo por conta de uma estratégia de mercado que buscava superar em inovação as outras empresas que tentavam vender veículos similares com motores de turbina a gás. No entanto, o projeto inteiro acabou fracassando graças a programas governamentais e iniciativas que promoveram tecnologias muito mais viáveis. Ainda assim, esse carrou causou muito burburinho na época por causa do seu volante icônico.

E você, já conhecia esses detalhes peculiares sobre a história da Chevrolet? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: