Curiosidades, Entretenimento

Os 10 vilões mais icônicos dos filmes de terror

Os 10 vilões mais icônicos dos filmes de terror

O gênero de terror sempre deu origem a diversos personagens com ambições, no mínimo, bastante duvidosas. De fato, ao longo dos anos, a indústria cinematográfica chegou a produzir algumas criaturas verdadeiramente macabras. Alguns desses personagens são tão assustadores que já fizeram com que muitas pessoas se escondessem em seus armários ou até mesmo debaixo de suas camas.

Canecas para Presente

Pensando nisso, resolvemos compilar aqui uma lista para homenagear alguns dos vilões mais icônicos que dominam os pesadelos de muita gente há anos e que certamente continuarão rendendo histórias que servirão de inspiração para os filmes de terror que serão lançados no futuro. Confira!

10. Pinhead (Hellraiser)

O principal vilão por trás da franquia Hellraiser, de Clive Barker, é o Cenobite Pinhead, enviado das profundezas do inferno para arrastar suas vítimas para o lugar de fogo eterno. Com uma descrição dessas, já fica bem óbvio o porquê de o inserirmos na lista, não é mesmo?

O que mais chama a atenção no personagem é o fato de que Pinhead não sente remorso enquanto ele cumpre a promessa de destruir as almas. Sinistro, não?

9. Jigsaw (Jogos Mortais)

Um dos vilões mais criativos do gênero, Jigsaw apareceu pela primeira vez como um boneco em um triciclo que torturava tanto fisicamente quanto psicologicamente os seus capturados.

Mais tarde, é possível saber mais sobre o homem por trás da máscara que adora inventar armadilhas e jogos torturantes para aqueles que supostamente “deveriam ser testados”. Em um gênero tão repleto de remakes, foi muito revigorante ver um tipo totalmente diferente de vilão, daí a merecida inserção em nossa lista.

8. Norman Bates (Psicose)

Esse filme de Alfred Hitchcock sobre um dono de pousada com características antissociais faz qualquer pessoa repensar uma possível hospedagem em um daqueles estabelecimentos agourentos à beira da estrada. Os graves problemas psicológicos de Norman Bates (que fazem com que ele faça coisas inusitadas como vestir as roupas da mãe morta) o tornam um cara incrivelmente sinistro.

Como esperado, ele fica mais assustador à medida que o filme avança. Além disso, o comportamento perturbador de Bates também o leva a massacrar a personagem da atriz Janet Leigh em uma cena que provavelmente já deixou muita gente nervosa debaixo do chuveiro.

7. Chucky (Brinquedo Assassino)

Chucky é um personagem que parece ser apenas mais um boneco Bonzinho, mas que no fim das contas prova ser um brinquedo possuído por um assassino em série que transferiu sua alma durante seus momentos finais de vida.

Em “O Brinquedo Assassino”, Chucky acaba nas mãos do inocente Andy, que acaba sentindo afeto por esse boneco, que por sua vez ganha vida com o único objetivo de matar pessoas. De certo modo, alguns bonecos no cinema sempre foram um pouco irritantes, mas Chucky consegue vencer qualquer concorrente sem muito esforço.

6. Hannibal Lecter (O Silêncio dos Inocentes)

Embora o Dr. Hannibal Lecter não compartilhe os mesmos traços psicológicos que muitos vilões tradicionais dos filmes de terror, ele é definitivamente um dos personagens mais icônicos do gênero, sendo interpretado perfeitamente por Anthony Hopkins.

Lecter, um serial killer que costuma cozinhar e devorar suas vítimas, é indiscutivelmente um grande vilão, mas os traços de sua personalidade conseguem atrair a atenção dos espectadores de uma forma totalmente incomum. De fato, sua inteligência e seu carisma fazem com que qualquer pessoa sinta-se cativada por seu caráter, mesmo se tratando de um assassino calculista.

Canecas para Presente

5. Ghostface (Pânico)

Obviamente, Ghostface faz parte de uma série com um certo teor satírico, mas isso não o torna menos icônico. Basta pensarmos em quantas crianças já correram de alguém usando essa máscara branca e uma capa preta…

Ghostface sempre apresentou características cômicas e sempre teve uma propensão a insultar suas vítimas, mas o que é mais interessante é que ele não é necessariamente uma única pessoa. Na verdade, todo filme mostra um assassino diferente usando essa máscara e utilizando as suas armas e trajes característicos.

4. Leatherface (O Massacre da Serra Elétrica)

Leatherface é um exemplo de vilão perfeito, afinal de contas, ele é membro de uma família desestruturada que reside em uma casa em ruínas no meio do deserto do Texas, apresenta uma estatura imponente, usa uma serra elétrica e ainda veste uma máscara feita de pele humana!

Ele e sua família também são canibais que comem a carne que Leatherface e seus irmãos colhem, enquanto deixavam o vovô beber o sangue e a medula dos ossos! Se isso ainda não é suficiente para você, saiba que ele é baseado no famoso serial killer de Wisconsin, Ed Gein.

3. Freddy Krueger (A Hora do Pesadelo)

Embora Freddy geralmente apresente algumas características bem mais cômicas e engraçadas do que a maioria dos vilões dos filmes de terror, convenhamos que, na prática, não há nada de muito engraçado em um homem que é capaz de assassinar os seres humanos através dos seus próprios sonhos.

Um assassino de crianças bastante prolífico, Freddy persegue as suas vítimas de uma forma que ninguém pode se esconder, até porque todo mundo precisa dormir eventualmente. Além disso, por ter sido queimado por seus pais vingativos, Freddy tem um rosto tão horroroso que consegue assustar qualquer cara metido a valentão por aí.

2. Jason Voorhees (Sexta-Feira 13)

Muitas crianças americanas dos anos 80 adoravam participar das atividades tradicionais dos acampamentos de verão. No entanto, quando o filme “Sexta-Feira 13” foi lançado, as histórias macabras ocorridas no fictício acampamento Crystal Lake acabaram influenciado a mente dos jovens aventureiros.

Protagonista da saga, o memorável vilão Jason Voorhees decide causar estragos em um grupo de instrutores de um acampamento situado no meio da floresta. Por ser um vilão que adora usar uma máscara de hóquei no gelo, um facão e que também parece ser imortal, dá para entender de onde veio a fama desse cara.

1. Michael Myers (Halloween)

Em 1978, o diretor John Carpenter conseguiu produzir um dos filmes de terror de maior sucesso, ainda que contasse com um orçamento bastante modesto. A franquia “Halloween” pavimentou o terreno para os filmes de terror modernos, sendo que o seu protagonista, Michael Myers, ajudou a fornecer o protótipo para os vilões do gênero.

Michael, um jovem assassino, mata sua irmã e é enviado para uma instituição mental para passar o resto dos seus dias recebendo tratamento adequado. No entanto, ele foge e passa a aterrorizar alguns adolescentes em plena época de Halloween. É uma receita simples e típica dos vilões do gênero, mas Michael Myers consegue se destacar de tal forma que acabou se tornando um verdadeiro ícone do gênero.

Qual dos vilões apresentados é o seu favorito? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: