Curiosidades, Entretenimento

6 coisas que você não sabia sobre o elenco de CSI

6 coisas que você não sabia sobre o elenco de CSI

Em 2015, a franquia CSI chegou ao fim após quinze anos. A série original, ‘CSI: Crime Scene Investigation’, estreou em 6 de outubro de 2000 e se tornou um fenômeno instantâneo da cultura pop. A série durou quinze temporadas e rendeu um total de 337 episódios antes de chegar ao fim em 27 de setembro de 2015.

A série original de CSI também rendeu vários spin-offs, sendo ‘CSI: Miami’ sendo o mais popular de todos, rendendo 232 episódios entre 2002 e 2012. Há também ‘CSI: NY’, que rendeu pouco menos de duzentos episódios entre 2004 e 2013 e, por último , ‘CSI: Cyber’, série que foi cancelada depois de apenas duas temporadas e 31 episódios.

Por trás de todas essas séries sempre existiu um elenco incrível e cheio de histórias pessoais interessantes. Pensando nisso, listamos aqui algumas curiosidades que você provavelmente não sabia sobre o elenco de CSI. Você vai ver que alguns desses atores possuem histórias de vida tão interessantes quanto alguns enredos mostrados na série. Confira!

6. David Berman também era o diretor de pesquisa da série

Quando se trata da produção dos episódios de CSI, poucas pessoas podem ser consideradas tão importantes quanto David Berman. Basicamente, Berman foi um dos atores mais regulares de CSI, tendo atuado como David Phillips em 287 dos 337 episódios da série. Com isso, muita gente poderia pensar que ele estaria bastante ocupado só de atuar, mas a verdade é que Berman também serviu como o diretor de pesquisa da série.

Na prática, seus deveres neste cargo incluíam verificar fatos e pesquisar as peças de tecnologia utilizadas na ciência forense para tentar manter os procedimentos legais da série o mais próximo possível da realidade. Certamente é um trabalho importante, especialmente para um programa tão imerso nas ciências e tecnologias utilizadas no solucionamento de crimes. Se ele fez um bom trabalho? Bem, você é o juiz nessa!

5. O irmão de Gary Dourdan morreu quando ele tinha seis anos

Gary Dourdan interpretou Warrick Brown, que apareceu em 183 episódios da série entre 2000 e 2008. No entanto, muito antes disso, ele era apenas mais uma criança da Filadélfia. Na verdade, ele era um dos cinco filhos da família, sendo o segundo mais novo.

Sua mãe Sandy era designer de moda e seu pai gerenciava músicos de jazz locais. A tragédia atingiu a família no início dos anos 70, quando Gary tinha apenas seis anos de idade. Seu irmão mais velho, Darryl, estava pesquisando a linhagem da família no Haiti quando caiu de uma varanda e veio a falecer.

4. O pai de Ted Danson era o diretor do Museu do Norte do Arizona

Ted Danson teve uma educação relativamente privilegiada. Seu pai, Ned Danson Jr., foi arqueólogo e diretor do Museu do Norte do Arizona entre 1959 e 1975. O pequeno museu ainda está funcionando na cidade de Falstaff e serve como uma maneira de preservar o material indígena obtido no planalto do Colorado.

Evidentemente, o cargo de Ned Danson Jr. lhe rendia um bom dinheiro, pois seu filho Ted sempre frequentou ótimas escolas particulares em Connecticut antes de entrar para a Universidade de Stanford. De fato, foi lá que ele descobriu o interesse pela atuação. E o resto é história…

3. Antes da fama, George Eads trabalhava como vendedor

Pode ser bem interessante ver o que as pessoas faziam antes de se destacar no mundo da TV. No caso de George Eads, que interpretou Nick Stokes em CSI, ele era um vendedor modesto antes de se aventurar no mundo da atuação. Eads se formou na Universidade de Tecnologia do Texas com um diploma em marketing, mas rapidamente se viu no negócio de vendas.

Antes da fama, George Eads vendia uma variedade de itens, incluindo suprimentos de primeiros socorros e máquinas copiadoras. Só que, ao ficar cansado da vida de vendas, Eads pegou emprestada a caminhonete de seu padrasto e dirigiu para Los Angeles para tentar seguir uma carreira de ator. Nem precisa dizer que a decisão foi muito acertada, não é mesmo?

2. William Petersen era um jogador de futebol americano

William Petersen foi um dos atores mais importantes do CSI original, mantendo-se como um membro fixo do elenco desde o início da série em 2000. Petersen interpretou Gil Grissom e chegou a ser indicado a prêmios como o Golden Globe e o Screen Actors Guild por seus trabalhos em frente às câmeras.

No entanto, o que pouca gente sabe é que William Petersen chegou a jogar futebol americano na sua juventude, conseguindo ganhar uma bolsa de estudo de uma escola para colocar em prática as suas habilidades no esporte com a camisa da organização. Só que, no fim das contas, Petersen acabou desenvolvendo um gosto pela atuação depois de fazer uma aula de teatro. Cerca de quinze anos depois, ele conseguiu o papel de Gil.

1. Robert David Hall é um músico talentoso

Pouca gente sabe, mas o ator Robert David Hall é quem detém o recorde do maior número de participações na franquia, tendo estrelado como legista Al Robbins em 327 episódios. Apesar de ter um óbvio interesse em atuar, Hall também adora música. De fato, ele chegou a ter vários empregos na indústria musical, incluindo músico profissional e DJ de rádio.

Muitas pessoas no seu círculo de amizade costumam dizer que Hall é um músico talentoso, sendo bastante proficiente em instrumentos como violão, piano, bateria e bandolim. De certo modo, os fãs de longa data de CSI podem ter visto alguns dos talentos musicais de Hall em exibição, pois o seu personagem Al Robbins muitas vezes canta enquanto realiza as suas autópsias.

E você, também é um fã da franquia CSI? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: