Curiosidades, Entretenimento

Os 6 maiores vilões da Disney e as piores coisas que eles fizeram

Os 6 maiores vilões da Disney e as piores coisas que eles fizeram

Os vilões do universo Disney compõem um grupo muito especial. Sejam animais, seres humanos, bruxas, feiticeiros ou até mesmo demônios, a maioria deles compartilha uma coisa em comum: eles são surpreendente carismáticos. Em muitas situações eles podem ser até mesmo excessivamente hilários, como no caso do Hades de Hércules.

No geral, os vilões da Disney agregam um grupo difícil de odiar, por mais desagradáveis que sejam seus atos, até porque eles são fascinantes de assistir. Obviamente, alguns vilões da Disney são muito mais interessantes que outros, mas algumas das suas ações terríveis são simplesmente imperdoáveis.

Pensando nisso, nós do TriCurioso resolvemos listar alguns dos mais cruéis vilões da Disney de todos os tempos, junto com seu ato mais hediondo. Você vai ver que existe uma linha tênue entre carisma crueldade. Confira!

6. Gaston- Convocar uma multidão para matar a Fera

À primeira vista, isso pode não parecer um ato tão hediondo, afinal de contas, se o seu vizinho fosse um animal enorme, aterrorizante e super peludo, você seria perdoado por se sentir um pouco irritado com toda a situação. No entanto, são os motivos de Gaston que tornam o seu ataque à Fera tão imperdoável.

Gaston é o tipo de homem que consegue o que quer, quando quer. Quase todo o elenco do filme o adora, então, quando Bela o rejeita e ele descobre que ela ama a Fera, ele simplesmente não aceita isso e deseja matar o amado de Bela a todo custo. Ou seja, no fim das contas, não se trata de uma missão de proteger os cidadãos de uma possível ameaça, mas apenas uma raiva ciumenta da parte dele.

5. Claude Frollo – Transformar Paris em um reino de horrores

O filme ‘O Corcunda de Notre Dame’ conseguiu retratar muito bem o lado mau de um dos vilões mais desprezíveis da Disney de todos os tempos: o monsenhor Claude Frollo. Supostamente encarregado de promover a justiça em Paris, Claude Frollo acaba promovendo uma crueldade sem limites.

Em uma cena angustiante, ele persegue e mata a mãe de Quasimodo e fica muito próximo de tirar a vida de seu filho, até acabar sendo finalmente interrompido. Como punição, ele é forçado a criar o bebê como se fosse seu. Anos depois, ele se apaixona por Esmeralda, que está sendo mantida dentro da própria Notre Dame. Quando ela foge, Frollo incendeia casas e ameaça virar Paris às avessas para tentar encontrá-la.

4. Homem – Matar a mãe do Bambi

Aqui nós temos um dos vilões mais famosos de toda a Disney, ainda que ele seja simplesmente chamado de “Homem”. Esse caçador anônimo conseguiu traumatizar crianças (e adultos, sejamos honestos aqui) de todo o mundo nessa cena trágica e icônica.

A morte da mãe de Bambi é um dos momentos mais sombrios de toda a história da Disney. O agressor não é um vilão ou monstro no sentido tradicional, mas sim um “ser humano comum”. Além disso, quando você considera que a história está sendo contada do ponto de vista dos próprios animais da floresta, as coisas ficam ainda mais sombrias e horríveis, levando muita gente a refletir sobre os impactos causados pelo ser humano na natureza.

3. Mamãe Gothel – Aprisionar Rapunzel

Mesmo que você nunca tenha visto ‘Enrolados’ e não esteja familiarizado com a história de Rapunzel, provavelmente você já deve conhecer o básico: uma linda princesa vive presa em uma torre, aguardando a chegada de um príncipe bonito e corajoso para escalar seus longos e luxuosos cabelos para libertá-la. O que você provavelmente não sabe são as causas por trás de toda essa situação. Bem, basicamente, você pode agradecer à desonesta Mamãe Gothel por isso.

Ao contrário de alguns vilões mais proativos da Disney, Mamãe Gothel adota uma abordagem mais traiçoeira. Gothel é bastante velha, tendo sobrevivido a muitos anos usando a magia de cura de uma flor mística. No entanto, seus poderes estão ligados à Rapunzel, mas sem o conhecimento da princesa, o que faz com que Gothel se apresente como sua mãe para tomar seus poderes para si mesma, mantendo Rapunzel ignorante de tudo.

2. Rei de Chifres – Convocar seu exército para causar o caos

A Disney pode ser mundialmente conhecida pela criação de aventuras mágicas que encantam toda a família, mas quando os membros dessa gigante do entretenimento querem promover um grande terror, eles definitivamente conseguem. O filme ‘O Caldeirão Mágico’ não é tão conhecido como muitos dos clássicos da Disney que vimos aqui, mas ele é bastante famoso por seu conteúdo sombrio e por seu vilão: o Rei de Chifres.

O personagem é originário da série ‘As Crônicas de Prydain’, de Lloyd Alexander (embora ele esteja apenas no primeiro romance) e você só precisa olhar para a cara do sujeito para saber o quão mau esse vilão é. Seu objetivo no filme da Disney é criar um monstruoso exército de mortos-vivos nascidos em um caldeirão para dominar o mundo e transformá-lo em um deus. Acho que podemos concordar que esse enredo é bem macabro para um filme infantil, não é mesmo?

1. Scar – Tomar o trono ao matar o rei Mufasa

Ainda que você não seja um aficionado da Disney, você certamente já deve estar familiarizado com este caso. O conivente e brutalmente brilhante Scar é um dos vilões mais famosos da Disney, muito por conta do fato de que ele consegue exalar carisma, inteligência e maldade em medidas iguais. Desse modo, muita gente simplesmente não pode consegue deixar de amá-lo e odiá-lo ao mesmo tempo.

Como sabemos, o invejoso Scar conspirou para assassinar Mufasa e o herdeiro do trono, seu filho Simba, antes de assumir o poder. Mesmo depois de ser derrotado, Scar tentou matar Simba com um soco covarde, o que mostra muito bem como é o seu caráter.

Quem diria que as histórias da Disney possuem vilões tão cruéis, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: