Curiosidades

Por que as banheiras geralmente são menores que a altura do usuário?

Por que as banheiras geralmente são menores que a altura do usuário?

Imagine que você está em uma viagem de trabalho e tudo o que você deseja fazer ao chegar ao hotel é tomar um banho relaxante, preferencialmente em uma banheira. No entanto, depois de esperar pacientemente que a banheira se encha, tomando uma bebida e se despindo, você desliza para dentro do negócio apenas para perceber que se sente como um gigante. Com isso, se você quiser se recostar totalmente, precisará dobrar os joelhos para fora da água através de um contorcionismo bizarro.

Em uma situação como essa, a sua reação inicial poderia se resumir a uma grande surpresa, mas você certamente não seria a primeira pessoa a lamentar o tamanho padrão das banheiras, até porque a maioria das pessoas hoje em dia concorda que elas são muito pequenas! Mas, se essa é uma reclamação tão comum, a pergunta deve ser feita é: por que as banheiras geralmente são menores que a altura do seu próprio usuário?

Um breve resumo da história do design das banheiras

A história das banheiras remonta a mais de 5.000 anos, com a criação dos primeiros sistemas de encanamento descobertos no Vale do Indus, na Índia Antiga. De barris de madeira e bacias de cobre às banheiras de porcelana modernas, a ideia de tomar banho de uma forma mais relaxante tem sido uma fonte de inovação e fascínio. Dito isto, o ato de tomar banho praticamente entrou e saiu de moda e muitas vezes esteve disponível apenas para os ricos. No entanto, nos últimos 200 anos, as banheiras pessoais para pessoas “comuns” se tornaram mais populares.

Nos dias de hoje, você pode encontrar banheiras de vários tipos diferentes, bem como banheiras grandes e personalizadas, mas o fato é que as banheiras de modelo padrão encontradas na maioria das casas tem cerca de 90 cm de largura por 150 cm de comprimento. Considerando que a maioria das pessoas não tem menos de um metro e meio de altura, parece uma grande tolice projetar um tamanho de banheira padrão que parece não se encaixar na estatura da maioria das pessoas, não é mesmo? Então, qual poderia ser o motivo por trás disso?

Embora não haja uma resposta formal ou universalmente aceita para a pergunta principal deste artigo, há vários fatores que provavelmente deram origem a esse tamanho “pequeno” da banheira, incluindo precauções de segurança, normas culturais, custo e eficiência do espaço no qual ela está inserida.

Uma questão de segurança

Tomar banho é uma atividade tradicionalmente relaxante, permitindo que qualquer pessoa esqueça o mundo ao seu redor enquanto fecha os olhos e aproveita o momento. No entanto, o simples ato de cochilar na banheira depois de tomar uma taça de vinho pode ser extremamente perigoso se você escorregar debaixo d’água. Nesse caso, ter uma banheira um pouco mais curta que a média de altura das pessoas significa que, caso alguém escorregue na banheira, o seu rosto provavelmente não afundará, pois os pés sustentarão o seu corpo.

Obviamente, isso pode dificultar para uma pessoa alta manter a maior parte do seu corpo submersa, mas pode salvar a vida de muitos banhistas mais baixinhos. Além disso, o peso e o tamanho de uma banheira comum (mesmo aquelas feitas de fibra de vidro) podem dificultar a movimentação e a instalação de maneira errada. Por exemplo, se uma banheira for muito larga, será difícil passar pela porta do banheiro e, se for muito longa e pesada, duas pessoas provavelmente não conseguirão movê-la com segurança.

Além disso, há a questão de que, em muitas partes do mundo (incluindo o Brasil), os banhos em banheiras são mais frequentemente associados a crianças do que adultos, pelo menos em termos de higiene diária. Por isso, devido ao menor tamanho das crianças e ao uso menos frequente da banheira por adultos, ter uma banheira menor faz sentido.

As normas culturais e os custos envolvidos

Curiosamente, as normas culturais e as tradições de cada país também podem influenciar no tamanho padrão das banheiras. Dependendo de onde você estiver, as banheiras podem ser bastante luxuosas. Embora nas Américas muitas pessoas reclamam do tamanho das banheiras, a Europa costuma ter tamanhos relativamente maiores. Obviamente, há exceções de acordo com as questões culturais de cada país, mas o fato é que a nação que você vive pode realmente ter muita coisa a ver com o seu nível de conforto.

Além disso, é preciso levarmos em consideração que ter um tamanho e material padrão para as banheiras permitiu a sua produção em massa a um preço relativamente baixo. Na maioria dos casos, você pode comprar uma banheira básica por pouco mais de R$ 1.200, embora a instalação e outras construções em torno de sua estrutura possam custar muito mais.

Se você deseja uma banheira personalizada, talvez uma maior ou mais longa, o custo também pode subir rapidamente para a casa dos milhares de reais. Desse modo, por se tratar de uma “bacia vazia” que muitas famílias usarão apenas algumas vezes por ano, gastar uma grande quantidade de espaço extra para a banheira simplesmente não vale a pena.

Uma palavra final

Com tudo o que analisamos até aqui, podemos concluir que os tamanhos e estilos de banheiras variam em todo o mundo, mas o seu tamanho usualmente tido como padrão costuma ser determinado por uma série de fatores que envolve custo, tradições culturais, tendências de banho, metragem quadrada disponível na casa, fatores de segurança, entre outros.

Por isso, da próxima vez que se sentir apertado na banheira, desejando que ela tivesse pelo menos mais uns quinze centímetros para conseguir esticar as pernas, lembre-se de que a natureza reduzida da banheira é algo totalmente intencional. No fim das contas, ter uma banheira com apenas um metro e meio de comprimento pode ajudar a mantê-lo seguro, economizar dinheiro, alinhar-se às tradições culturais dos eu país e utilizar o espaço da sua casa com grande eficiência!

E você, já se sentiu espremido ao tentar tomar um banho relaxante em uma banheira? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: