O soluço é algo relativamente comum, ele é é produzido pela contração involuntária do diafragma, seguido pelo fechamento da glote, durante a inspiração. Na vida do Charles Osborne digamos que isso era algo até mais comum ainda. 

Charles não soluçava apenas algumas vezes por ano, mas ele soluçou durante 68 anos sem parar. Apesar de experimentar o mais longo caso de soluços da história, que durou de 1922 a 1990, Charles Osborne conseguiu viver uma vida relativamente normal.




charles osborne conheca o homem que solucou por 68 anos tricurioso 2

Origem dos Soluços do Charles Osborne

Charles Osborne nasceu em 1893, mas seus soluços não começaram até 1922, quando ele era um fazendeiro de 29 anos. Eles começaram um dia enquanto Osborne se preparava para abater um porco em Union, Nebraska.

“Eu estava enforcando um porco de 350 libras para abate”, explicou Osborne à PEOPLE em 1982. “Eu o peguei e depois caí. Não senti nada.” O pequeno incidente desencadeou um surto de soluços. Mas, ao contrário da maioria dos soluços, que terminam em minutos, o de Osborne continuou.

Osborne procurou médicos, mas ninguém conseguiu curar sua misteriosa condição. Com o passar dos anos, Osborne se perguntou se passaria o resto de sua vida soluçando.




Charles Osborne: Conheça o Homem Que Soluçou por 68 Anos

Explicações Médicas

Hoje, os médicos apontam para várias causas de soluços. De acordo com a Clínica Mayo , bebidas carbonatadas podem desencadear a doença, assim como uma refeição grande. Engolir ar enquanto masca chiclete pode levar a soluços, e até mesmo a excitação pode causá-los.

No entanto, nenhuma dessas razões explica por que Charles Osborne de repente começou a soluçar em 1922. Então, por que uma pequena queda causou décadas de soluços? O estranho caso de Charles Osborne desconcertou gerações de médicos.

Ao longo dos anos, Osborne visitou vários profissionais médicos em busca de uma cura. Na década de 1980, o Dr. Terence Anthoney declarou que a queda de Osborne havia causado danos cerebrais, levando aos soluços.

“O médico disse mais tarde que eu rompi um vaso sanguíneo do tamanho de um alfinete no meu cérebro”, relatou Osborne. Anthoney explicou à PEOPLE que Osborne “destruiu uma pequena área no tronco cerebral que inibe a resposta ao soluço”.

charles osborne conheca o homem que solucou por 68 anos tricurioso 4

Atualização

Os médicos hoje acham que há uma explicação diferente. O neurocirurgião Ali Seifi acredita que a queda de Osborne provavelmente causou uma lesão na costela que danificou seu diafragma. Seifi também acha que Osborne pode ter sofrido um derrame. Alguns derrames podem causar soluços persistentes, o que não está longe da explicação que Anthoney deu a Osborne décadas atrás.

Enquanto ele tentava dezenas de tratamentos, Osborne traçou a linha de um procedimento cirúrgico que poderia prejudicar sua respiração. Nenhum dos remédios médicos parecia ajudar, nem mesmo a terapia hormonal experimental. E os remédios caseiros também não tiveram sucesso. Um amigo até tentou disparar uma espingarda atrás de Osborne para assustá-lo.

Charles Osborne: Conheça o Homem Que Soluçou por 68 Anos

Tratamento Para o Charles Osborne

Apenas um médico conseguiu curar Osborne, mas o remédio foi temporário. De acordo com a Smithsonian Magazine, enquanto estava na Clínica Mayo, os soluços de Osborne pararam quando um médico o colocou em uma alta dose de monóxido de carbono. 

O tratamento pode ter funcionado, mas teve um preço muito alto, Osborne não poderia sobreviver com o gás venenoso. Então ele simplesmente aprendeu a viver com os soluços o melhor que podia.

Vida Com Soluços

Após décadas de soluços, Charles Osborne desistiu de encontrar tratamento médico. Ele havia viajado até o Alasca em busca de respostas, mas a despesa e os resultados decepcionantes, encerraram sua busca pela cura.

Osborne também desistiu dos remédios caseiros. Depois que sua história apareceu nos jornais e na televisão, Osborne recebeu milhares de cartas. Escritores simpáticos disseram a Osborne para massagear os dedos ou aplicar pressão no queixo. Mas nada surtia efeito.

charles osborne conheca o homem que solucou por 68 anos tricurioso 6

 Os médicos explicaram que o som causado pelos soluços não estava relacionado ao diafragma. Em vez disso, veio das cordas vocais, que se fecham entre soluços. Depois de sofrer por anos, Osborne treino para não fazer barulho respirando entre soluços.

Kevern Koskovich conheceu Osborne em seus últimos anos. “Ele flexionava o peito três ou quatro vezes por minuto”, disse Koskovich certa vez. “Você poderia dizer que ele estava soluçando, mas ele não faria nenhum barulho. Ele exalou, essa é a melhor maneira de descrevê-lo.”

O Fim dos Soluços

Embora os soluços possam parecer menores, soluços persistentes podem causar perda de peso, exaustão e problemas de saúde mental, e Charles Osborne experimentou esses perigos em primeira mão. Mais tarde em sua vida, ele se tornou incapaz de engolir comida por causa de seus soluços. Durante anos, ele teve que misturar todas as suas refeições.

Osborne conseguiu evitar a perda de peso com seu almoço favorito: frango misturado, molho, caldo e leite, regado com algumas cervejas.

charles osborne conheca o homem que solucou por 68 anos tricurioso 7

Leia Também: Você sabe por que espirramos?
Leia Também: Por que álcool causa soluços?

Entre os 29 e os 96 anos, Osborne soluçou cerca de 430 milhões de vezes. E então, em junho de 1990, os soluços pararam de repente. Cerca de um ano depois, Osborne morreu. Seus últimos meses de vida foram, felizmente, sem soluços.

Você já tinha ouvido falar nessa história? Comenta aqui embaixo e não esquece de compartilhar!