Tecnologia

Irmãos Winklevoss ficam bilionários graças a ação contra o Facebook

Se você já assistiu ao filme A Rede Social, leu ao livro Bilionários por Acaso de Ben Mezrich ou conhece a história do Facebook por outras fontes com certeza sabe quem são Cameron e Tyler Winkelevoss. Porém, caso não sabia, vamos contar a você. Os irmãos gêmeos Winklevoss foram os primeiros idealizadores do que hoje é o Facebook. Ainda em Harvard, os dois tiveram a ideia de construir uma rede social que integrasse todos os estudantes da Universidade, tendo inclusive começado o projeto tendo diversas páginas de front-end, sistema de registro, banco de dados e códigos de back-end prontos.

Porém, por acaso o jovem Mark Zuckerberg foi designado a continuar o HarvardConnection, porém ao invés disso ele construiu sua própria rede social a qual chamou de TheFacebook.com. Então, em 2004 os Winklevoss processaram Zuckerberg o acusando de plágio em uma ação que só terminou em 2011 quando o fundador do Facebook teve que pagar US$65 milhões em indenização aos irmãos.

Com US$11 milhões, parte do dinheiro recebido, os irmão decidiram comprar BitCoins que, na época, valiam pouco mais de US$100. Neste momento, os Winklevoss se diziam donos de 1% de todo o valor em dólar que a criptomoeda possui-a no mercado. Com o crescimento do Bitcoin que hoje vale mais de US$10 mil, os irmãos tornaram-se bilionários! Desde o investimento inicial, os irmãos nunca tiraram um bitcoin sequer, assim acumulando o equivalente a mais de US$1 bilhão. Pouquíssimas carteras virtuais publicamente acessíveis possuem esta quantia, além dos gêmeos outro bilionário no ramo é o misterioso criador do próprio Bitcoin conhecido pelo pseudônimo Satoshi Nakamoto.

O que achou desta volta por cima? Comente!

Participe! Deixe seu comentário...

Hospedagem de Sites e Blogs

Você também pode gostar de