Entretenimento, Notícias

Cineasta diz que Stranger Things foi plágio de seu curta a e processa Irmãos Duffer

Cineasta diz que Stranger Things foi plágio de seu curta a e processa Irmãos Duffer

Charlie Kessler, cineasta e criador do curta-metragem Montauk lançado em 2012, acusou Matt e Ross Duffer por plágio e quebra de contrato implícito. Segundo consta em seu processo, Kessler contou aos criadores de Stranger Things o conceito de seu roteiro durante o Festival de Tribecca em 2014.

Sua história utiliza-se de ‘found footage’ para desenvolver uma trama onde um garoto desaparece. Em sua história também há uma instituição militar que faz experimentos ultra-secretos em crianças e um monstro de outra dimensão que se assemelha a um brinquedo. O que deixa as coisas ainda mais suspeitas é que, quando a Netflix aprovou a produção de Stranger Things em 2015, seu títulos seria ‘The Montauk Project’.

HOMEM DE FERRO QUASE LEVOU A MARVEL A FALÊNCIA

Porém, vale ressaltar aqui que ambas as obras teriam sido baseadas em um livro chamado The Montauk Project: Experiments in Time de 1992. Este livro releva diversas experiências militares de um projeto que seria promovido pelo governo dos Estados Unidos.

Até o momento, a Netflix não se pronunciou sobre o ocorrido. Os Irmãos Duffer também não comentaram o ocorrido. E ai, será que foi plágio mesmo? Comente!

Leia Também: