Curiosidades

Fazendeiro cria baratas para combater poluição de desperdício de comida

A China é mundialmente conhecida como uma grande geradora de restos de comida. Estimativas dizem que são colocadas fora mais de 60 mil toneladas de comida por ano. Para eliminar o problema de espaço para tanta comida, o governo chinês utiliza um processo de fermentação que é muito caro e ineficiente, isso além de poluir bastante o meio ambiente.

Visionário, o fazendeiro chinês Li Yanroung de Zhangqiu criou uma solução extraordinária. Ele utiliza mais de 300 milhões de baratas-americanas (Periplaneta americana) que devoram cerca de 15 toneladas de comida desperdiçada por dia! Ele recebe a quantia diariamente de diversos restaurantes e leva para alimentar seus insetos. Segundo ele, as baratas comem o que vier pela frente, seja mole, duro, azedo, doce, amargo ou picante. Após receber os restos de comida levados pelos comerciantes, Yanroung mói tudo e coloca em tubos para as baratas. Quando alguns dos insetos morrem, são recolhidos, moídos junto com a comida e devorados pelas baratas para que possuam maior quantia de proteína.

A ideia é aumentar o número de 300 toneladas de baratas para 4 mil toneladas, assim processando cerca de 200 toneladas de comida diariamente – o que terminaria com o desperdício em Zhangqiu e algumas cidades vizinhas. As baratas-americanas possuem 4 cm e um ciclo de vida de 700 dias. É interessante observar que a China tem prestado cada vez mais atenção nesses insetos, sendo inclusive utilizados para criação de cremes e loções com efeitos cicatrizantes.

Sinistro, não acha? Comente!

Participe! Deixe seu comentário...

Hospedagem de Sites e Blogs

Você também pode gostar de