Curiosidades

Michael Jackson era pedófilo?

Sempre quando falamos da vida pessoal do Rei do Pop Michael Jackson, muitas duvidas surgem em torno de sua vida. Muitos dizem que ele era racista, o que esclarecemos o assunto sobre nesse post que você pode conferir clicando aqui, outros dizem que ele comprou os ossos do homem-elefante. (que também fizemos um post sobre a história dele, que você pode conferir clicando aqui)

Mas a provável maior dúvida das pessoas é sobre os escândalos de pedofilia envolvendo Jackson. Ele foi considerado culpado no final? Há provas sólidas que MJ molestou menores de idade? Ele chegou a ser preso? Tudo isso será respondido hoje.

Bom, antes de começar tudo isso temos de explicar o caso Jordan Chandler que ocorreu em junho de 1993. Nessa data, Evan Chandler, pai do garoto que Michael teria supostamente abusado, declarou à June, mãe de Jordan, que Jackson teria supostamente o abusado.

Em agosto de 1993, o caso foi levado à justiça com o advogado Larry Feldman representando Chandler na acusação de abuso sexual contra Michael Jackson. Isso prejudicou tanto a carreira de MJ que sua turnê Dangerous World Tour foi encerrada na 2° da 3° etapa. No final do ano, Jackson se pronunciou simultaneamente para a CNN, CBS, NBC e ABC, direto do rancho de Neverland ao vivo.

Mas as acusações contra Jackson não param por aí. Em 2002, Michael Jackson decidiu aceitar o convite do jornalista britânico Martin Bashir para participar de um documentário mostrando sua vida pessoal. O documentário teve cenas cortadas, respostas colocadas fora de ordem sem o mínimo contexto, comentários por cima das respostas, um vexame por parte do jornalista.

Entre esse documentário, houve declarações de um garoto que passou por um tratamento contra o câncer que er grande amigo de Michael. Em um dos momentos do documentário, Gavin revelou ter dormido na cama de Jackson enquanto o cantor dormia no chão. Jackson não negou que já dormiu com crianças na cama, mas falando sempre claramente de forma inocente.

As pessoas (incluindo Bashir) interpretavam de forma errônea o que Jackson dissia, levando para um contexto sexual. Cedendo a pressão, a família de Gavin entrou em um processo judicial contra Jackson. Aos 44 anos, o Rei do Pop decidiu seguir adiante, diferente do processo anterior onde ele indenizou a família por questões de imagem. Michael seguiu adiante, sendo no dia 13 de junho de 2005 inocentado de todas acusações.

Anos depois, foi divulgado que haviam materiais de pornografia infantil no rancho de Jackson. Porém o material estava classificado como forma de arte e er item enviado por fãs. O contexto do livro não tinha qualquer cunho sexual, com total confirmação por parte do FBI. Acho que após 10 anos de investigação, sem nenhuma prova concreta de Michael sequer incentivar a pedofilia, podemos acreditar em sua inocência.

Qual a sua opinião sobre o assunto? Comente!

Você também pode gostar de