Curiosidades

Como fazer Kefir: Iorgurte caseiro que faz muito bem a saúde

Como fazer Kefir: Iorgurte caseiro que faz muito bem a saúde

No mundo da saúde e das dietas, volta e meia aparecem uns termos estranhos e o nome da vez é Kefir, algo semelhante a leite coalhado com sabor de iogurte natural. Este produto surge através da fermentação de micro-organismos benéficos que são considerados antibioticos naturais, eles matam bactérias ruins e cultivam as boas.

Como benefício à saúde, o Kefir aumenta sua imunidade, melhora a flora intestinal e auxilia no combate a candidíase. Além disso, faz muito bem para aqueles que estão fazendo dieta. Porém, se você está se perguntando sobre onde pode comprar este produto tão saudável, já adianto a você que ele não é vendido em mercados o farmácias, você terá que cultiva-lo em casa ou achar alguém que o faça para você. Por isso, o TriCurioso hoje decidiu ensinar com fazer Kefir, vamos lá?

Como fazer Kefir

Como fazer Kefir

Existem dois tipos, o Kefir de Leite e o Kefir de água, por isso iremos passar hoje duas receitas. Corra e pegue o caderninho.

Kefir de Leite

Para produzi-lo é necessária uma bebida láctea de origem bovina ou caprina, também podem ser usados iogurtes, leite de soja ou até mesmo leite de coco. Comece separando um pote de vidro e colocando nele 1 colher de sopa de grãos kefir em 2 xícaras de leite. Então, coloque um pano vazado – tal como um tule, por exemplo – cobrindo a parte aberta do pote e o coloque na geladeira.

Espere de 36 a 48 horas, é neste período que a substância fermenta, então no final do tempo coe o líquido. Você verá que o Kefir ficará semelhante a um iogurte, o líquido coado pode ser bebido diretamente ou ainda usado para fazer shakes e ate mesmo queijos. Já as ‘bolinhas’ que ficarem no coador são as bactérias do kefir que podem ser novamente misturadas ao leite para fazer uma nova leva.

Kefir de água

O processo é o mesmo do Kefir de Leite, porém é necessário substituir a substância láctea por água de coco ou uma solução de água com açúcar mascavo ou demerara. Este é indicado para aqueles que possuem intolerância a lactose. Vale lembrar que não se deve utilizar nenhum tipo de recipiente ou colheres de metal para lidar com o alimento.

Após ter o kefir pronto, você precisa mantê-lo na geladeira e também manter o substrato – água ou leite – armazenados de forma que os microrganismos não morram. Caso a parte consumível passe mais do que 36 horas longe do substrato, a descarte.

Você conhecia o Kefir? Já o fez? Gosta do sabor? Comente!

Leia Também: