Mistérios

O mistério da Zona do Silêncio no México

Existe uma área no Deserto de Chihuahuan, no norte do México, onde sinais de rádio não funcionam e as bússolas ficam descontroladas quando colocadas perto das pedras no chão. Essa área ficou conhecida como Zona do Silêncio. A região está localizada na Reserva da Biosfera de Mapimí, uma enorme extensão quase desabitada onde o terreno plano é rodeado por afloramentos montanhosos.

A Zona do Silêncio tornou-se conhecida pela primeira vez na década de 1930 pelo piloto Francisco Sarabia, quando este afirmou que seu rádio havia parado de funcionar e que os instrumentos do painel de seu avião ficaram “malucos” enquanto ele sobrevoava a área.

Francisco Sarabia, o primeiro a sentir os efeitos da zona.

Muitos anos mais tarde, em 1970, um míssil americano lançado da Base de Mísseis de White Sands, no Novo México, explodiu inexplicavelmente e colidiu com a misteriosa região desértica, o que praticamente despertou o interesse do restante do mundo para as ocorrências incomuns da área.

O governo mexicano construiu desde então um complexo de pesquisa na Zona do Silêncio. O objetivo principal da instalação de pesquisa é estudar a vida vegetal e animal da região incomum. Após estudos, constatou-se que a área possui altos níveis de magnetita e que o local é propício para a queda de meteoritos, levantando especulações de que as propriedades magnéticas incomuns podem ser associadas aos minerais do solo.

Por outro lado, fãs de teorias da conspiração acreditam que o local seja palco de atividades paranormais, já que a Zona do Silêncio está localizada geograficamente ao norte do Trópico de Câncer e compartilha a mesma latitude do sul do paralelo 30, junto com as Pirâmides do Egito, as cidades sagradas do Tibete e o Triângulo das Bermudas.

Houveram inclusive relatos de encontros com estranhas criaturas humanoides. Uma família de fazendeiros afirma que eles são regularmente visitados por um trio de humanoides loiros e de cabelos compridos, dois machos e uma fêmea, que falam espanhol perfeito. Segundo eles, os visitantes só pedem água e quando perguntado ao fazendeiro de onde eles vieram, eles supostamente responderam “de cima”.

Sejam lá quais forem as verdades e mitos sobre a incomum região no norte do México, é inegável o fato de que a Zona do Silêncio permanece sendo um mistério pra lá de interessante e continua levantando questões até os dias atuais. Curioso, não acha? Comente!

Você também pode gostar de