Curiosidades, Entretenimento

A história do Xbox: Por que a Microsoft entrou no mercado de games e consoles?

A história do Xbox: Por que a Microsoft entrou no mercado de games e consoles?

A história do Xbox começou em 1998, com a equipe de software da Microsoft responsável pelo DirectX. A ideia de desenvolver um vídeos game partiu de Kevin Bachus, Seamus Blackley e Ted Hase, que eram desenvolvedores de API dentro da empresa do Windows.

Nessa época a Microsoft estava passando por muitas mudanças, inclusive foi em 1998 que Bill Gates enfrentou processos de formação de monopólio no mercado de software nos Estados Unidos. Vale lembrar que na época o Windows estava presente em mais de 90% dos computadores nos EUA. No fim, Gates deixou seu cargo de presidente da empresa do maior sistema operacional do mundo para focar em filantropia.

Para o lugar de CEO da Microsoft, Bill escalou Steve Ballmer, um contratado da empresa desde 1980. Foi Steve que deu o primeiro “vamos lá” para que sua equipe seguisse em frente com o projeto Xbox. Num primeiro momento a equipe de desenvolvimento da DirectX decidiu que o primeiro console da empresa se chamaria API DirectX Box, porém como você deve ter percebido, o nome ficou longo e muito estranho. Por esse motivo API DirectX Box foi encurtado para Xbox, assim como conhecemos hoje. Na época essa mudança de nome causou um forte descontentamento da equipe de marketing, além disso, eles chegaram a criar uma lista de novos nomes para serem escolhidos, visto que na opinião deles Xbox não seria muito popular.

Quando surgiu o primeiro Xbox?

Foi então que em 15 de novembro de 2001 o primeiro Xbox foi lançado na América do Norte, vale lembrar que no Japão o console só deu as caras em 22 de fevereiro de 2002 e no resto do mundo em 14 de março de 2002. Após a descontinuação do Jaguar da Atari em 1996, o Xbox foi o primeiro console vendido por uma empresa americana no novo século.

História Xbox

O primeiro console da Microsoft possuía 64 MB de RAM, espaço interno de 8 e 10GB. O foco da empresa era dominar o mercado japonês, o mesmo já garantido na época pela Sega e Nintendo, é claro que o Xbox teve muita dificuldade no Japão, porém no mercado europeu ele recebeu uma aceitação muito forte. Não sei se você lembra, porém o primeiro game da Microsoft a fazer sucesso no console foi o Halo, um game exclusivo que colocava o jogador na pele de Master Chief, um herói espacial.

Algum tempo depois a empresa britânica Rare foi comprada pela Microsoft e deixou então de produzir títulos como 007 e Perfect Dark. O objetivo da organização com essa compra era usar o know-how da Rare no desenvolvimento de jogos para computador para assim transformar sua plataforma Xbox em um aparelho perfeito para gamers que curtem jogos ao estilo FPS.

Curiosidade extra: Em 2008, o primeiro joystick do Xbox foi eleito pelo Guinness Book como o maior controle de todos os tempos. Um dos grandes diferenciais do console foi a criação de uma rede online, o Xbox Live. Na época isso foi uma surpresa em tanto, pois além da rede existir, ela era muito estável para todos os games. Outra curiosidade: A Microsoft lançou exclusivamente no Japão um controle chamado de S. Ele era mais magro e anatômico que o original.

E o Xbox 360?

Com a descontinuação do Xbox em 2 de março de 2009, a Microsoft preparou uma nova geração, foi então que em 12 de maio de 2005 tivemos o lançamento do Xbox 360. Antes de ser lançado, o aparelho recebeu vários apelidos, os mais famosos foram Xbox Next, Xenon, Xbox 2, Xbox FS e Next Xbox.

Uma mudança no mercado de consoles que surpreendeu a todos foi quando o Xbox 360 totalizou mais de 77 milhões de unidades vendidas, superando assim as vendas do PlayStation 3. No Brasil o aparelho vendeu mais de 9,2 milhões de unidades.

História e Curiosidades do Xbox

Para bater de frente com o líder de vendas Nintendo Wii, a Microsoft investiu pesado no desenvolvimento de um sensor que acabou se chamando Kinect, seu lançamento ocorreu em 4 de novembro de 2010. Com esse sensor, o Xbox 360 deixou de ser só mais um console, o Kinect permitia que o usuário jogasse sem nenhum joystick. Até hoje o Kinect Adventures é responsável pela maior franquia da Microsoft na plataforma: mais de 18 milhões de cópias vendidas.

Mas nem tudo foram flores para o Xbox 360:

A primeira geração do Xbox 360 tinha um defeito bastante grave, da noite para o dia o aparelho deixava de funcionar e passava a apresentar três luzes vermelhas no lugar das quatro verdes. Essa iluminação indicava que a placa-mãe do console estava com falha generalizada, ou seja, game over para o vídeo game. Depois de cinco anos de críticas ao bug do 360, a empresa lançou uma versão slim do Xbox 360 com tamanho reduzido, um sistema de refrigeração muito mais condizente e um design diferenciado.

E o Xbox One?

O Xbox One é a nova geração de consoles produzidos pela Microsoft. Seu objetivo é concorrer diretamente com o PlayStation 4 e foi lançado em novembro de 2013. Nessa geração temos além do “One” outras duas versões:

Curiosidades Xbox One S

Xbox One S: Foi anunciado durante a E3 de 2016 que a Microsoft estaria desenvolvendo uma nova geração para o One. O console agora é branco, 40% menor que o original. Entre as melhorias mais aguardadas está o fato de o One S não possuir mais fonte externa e seu controle foi melhorado, ganhando textura e alterações nos botões de setas. O console possui versões de 2TB, 1TB e 500GB.

Conheça suas especificações:

– Processador AMD Jaguar de 1,75 Ghz;
– GPU AMD com 1.4 TFLOPS de performance;
– Armazenamento de 500GB, 1TB ou 2TB;
– 8GB de Mamória RAM DDR3;
– HDR e suporte a 4K nativo.

Valor encontrado em lojas online: a partir de R$ 1.344,00 (22/07/2018)

Xbox One X:

Anunciado na E3 de 2016 como “Project Scorpio”, o aparelho é uma variação do Xbox One com mais poder que o Xbox One e Ons S. Além disso ele é ainda menor que a versão S (Slim), porém mais pesado.

Curiosidades Xbox X

Conheça suas especificações:

– Processador AMD Jaguar de 2,3 Ghz;
– GPU AMD com 6 TFLOPS de performance;
– Armazenamento de 1TB;
– 12GB de Mamória RAM GDDR5;
– HDR e suporte a 4K nativo.

Valor encontrado em lojas online: a partir de R$ 2.689,00 (22/07/2018)

Bom, a história foi muito mais longa do que eu poderia imaginar, mas é natural ver a Microsoft investindo em outros mercados como Cloud Coputing e games… Para nós clientes, quando mais concorrência, melhor… Pois todas as empresas brigarão por preço e qualidade, ou seja, quem ganha realmente somos nós! Espero muito que você tenha gostado dessa matéria. Não esqueça de participar deixando seu comentário logo abaixo.

Leia Também: