Curiosidades

5 emojis que já causaram controvérsias

5 emojis que já causaram controvérsias

Na década de 1990, o emoji foi criado por Shigetaka Kurita no Japão. Até 2007 os emojis eram praticamente desconhecidos fora do país até que a Apple decidiu adicioná-los ao primeiro iPhone. A empresa queria usá-los para atrair clientes japoneses, mas o sucesso acabou se expandindo entre os usuários de outras partes do mundo.

Novos emojis são lançados todos os anos e sua criação é supervisionada pela organização sem fins lucrativos Unicode Consortium que garante a semelhança dos emojis entre si nos dispositivos. Para algo que se tornou tão popular, não é lá uma grande surpresa que alguns deles tenham gerado alguma polêmica. Confira algumas:

1. Emoji da berinjela

O emoji de berinjela deveria representar o inocente vegetal, mas acabou sendo usado para se referir ao pênis. Até mesmo a marca Durex usa o emoji para anunciar seus preservativos. Outra empresa criou um vibrador que se parecia com um emoji de berinjela! O emoji tornou-se o centro de uma polêmica em 2015, depois de ter sido banido no Instagram, juntamente de hashtags como #eggplant e #EggplantFriday (berinjela e sexta-feira da berinjela em inglês). A coisa toda começou em 2014 quando usuários masculinos da rede social começaram a fazer upload de fotos questionáveis ​​das “suas berinjelas” com o emoji do vegetal junto com as hashtags mencionadas. Que deselegante…

2. Emoji LGBT

Esse tipo de emoji causou controvérsias em países onde a homossexualidade e o casamento entre pessoas do mesmo sexo são ilegais, em especial a Rússia. A Apple foi investigada pelos russos por suspeitas de promover algum tipo de “propaganda gay”, porém a empresa não estava promovendo ativamente o casamento entre pessoas do mesmo sexo, mesmo assim o governo russo queria que a Apple lançasse uma versão especial do iPhone sem emojis LGBT para seu mercado. Meses depois o governou voltou atrás e decidiu não banir os emojis.

3. Emoji da pistola de água

A Apple tornou-se o centro de outra controvérsia depois de substituir seu emoji de pistola por um emoji de uma pistola de brinquedo, em resposta à vários ataques de armas em escolas nos Estados Unidos. Algumas pessoas sugeriram que a Apple removesse completamente o emoji da pistola em vez de trocá-lo por uma pistola de água. Porém, a Unicode Consortium cria um código único no qual os emojis são baseados, enquanto as empresas de tecnologia são responsáveis ​​por determinar a aparência do emoji. Ou seja, o emoji de pistola de água da Apple só aparece quando o remetente e o destinatário usam os dispositivos da empresa.

4. Emoji da lagosta

No início desse ano, a Unicode Consortium divulgou amostras de 157 emojis que estariam chegando aos dispositivos brevemente. No entanto, o emoji da lagosta causou reações negativas por dois motivos. Primeiro, a cauda parecia estar deformada. Segundo, a lagosta tinha apenas oito pernas em vez de dez. A Emojipedia, organização que projeta os emojis de amostra para a Unicode Consortium, adicionou mais tarde as duas pernas extras e caprichou na cauda. A organização explicou que seu emoji era apenas uma amostra e que maiores detalhes seriam trabalhados a partir de dicas fornecidas pelas empresas de tecnologia.

5. Emoji do gorila e do palhaço

Os emojis de gorila e palhaço provocaram polêmica depois que eles foram incluídos como parte de 72 novos emojis em uma atualização do iOS em 2016. Não que os emojis fossem ruins. Eles foram simplesmente lançados na época errada. O gorila lembrava as pessoas de Harambe, um gorila que foi baleado e morto no Zoológico de Cincinnati em maio de 2016, depois que o animal arrastou um menino de quatro anos que havia caído em seu recinto. Já o emoji do palhaço foi lançado em uma época onde pessoas vestidas de palhaço assustavam pessoas aleatórias nas ruas de vários países.

Qual é o seu emoji favorito? Comente! 😀

Leia Também: