Curiosidades

Por que algumas pessoas não conseguem dormir sem ventilador?

Por que algumas pessoas não conseguem dormir sem ventilador?

Algumas pessoas simplesmente não conseguem dormir sem um ventilador zunindo a toda altura e velocidade ao lado de sua cama. E isso não tem a ver apenas com o calor não! O barulho do ventilador é capaz de abafar todos os outros sons ambientes e pode proporcionar um sono mais profundo. Essa é uma tática que se mostrou tão eficaz que algumas pessoas colocam ventiladores nos quartos de seus filhos desde a infância.

Estudos mostraram que algumas mães afirmam que no momento em que os filhos pequenos escutam o barulho do aparelho, acabam dormindo muito mais facilmente. As pequenas coisas que poderiam despertar as crianças à noite passam despercebidas devido ao zumbido do ventilador. A única desvantagem, segundo algumas mães, é que as crianças ficam dependentes disso para dormir. Durante as noites em que não é possível ligar o ventilador, elas sofrem para cair no sono. Mas qual é a razão científica por trás disso?

“As pessoas que dormem com um ventilador estão aproveitando o que chamamos de ruído branco. Assim como a luz branca, que engloba todas as cores do espectro, o ruído branco abrange todas as frequências sonoras típicas da audição humana”, explica Kelsey Allan, especialista do sono. “Tecnicamente, o ruído branco verdadeiro é gerado apenas eletronicamente, mas ruídos ambientais como ventiladores, cigarras à distância ou uma chuva suave, podem produzir um efeito similar”.

Então, o que está acontecendo no cérebro das pessoas que precisam de ventiladores que as tornam diferentes das outras? A resposta provavelmente está em como nossos cérebros estão conectados, de acordo com pesquisas. Fusos de sono, em particular, parecem ser os culpados. Eles podem ser vistos em testes de eletroencefalograma (EEG) e se apresentam como rajadas curtas de ondas cerebrais que aumentam e diminuem, fazendo com que um pico (ou fuso) se forme na leitura do EEG.

Os cientistas acreditam que uma vez que os fusos são produzidos na parte do cérebro chamada tálamo, eles acabam “atropelando” os sons e impedindo-os de acordar a pessoa. Como os fusos do sono são mais comuns durante o sono REM, eles são mais bem sucedidos em concluir essa tarefa durante essas fases.

Se você quiser saber mais sobre a história do ventilador, a nossa amiga Amanda já falou sobre a origem dessa invenção salvadora aqui no Tricurioso. Você pode conferir a matéria clicando aqui.

Gosta de dormir com o ventilador ligado? Deixe o seu comentário! 😀

Leia Também: