Curiosidades, Tecnologia

Por que o Android demora para ser atualizado em alguns aparelhos?

Por que o Android demora para ser atualizado em alguns aparelhos?

Com a mais nova versão do Android (apelidada de Pie) sendo lançada pelo Google neste mês, as fabricantes já estão notificando seus usuários sobre as atualizações do sistema operacional para seus telefones. No entanto, boa parte desses usuário só receberão o esperado update no ano que vem e com isso uma velha questão volta a rondar a cabeça dos usuários do Android: por que o sistema demora tanto para receber atualizações? Bem, a Sony resolveu dar uma “satisfação” a seus clientes a respeito disso.

Em um post prometendo atualizações para os aparelhos da linha Xperia, a Sony descreveu as etapas entre o lançamento do sistema operacional do Google e a devida otimização do software no seu aparelho. Apesar de parecer simples, tudo isso envolve várias etapas de desenvolvimento de melhorias e testes até que tudo esteja pronto para o uso do cliente final. Para entender melhor como isso realmente funciona na prática, segue abaixo um passo-a-passo do desenvolvimento de uma nova versão do Android.

  1. A Google envia às fabricantes os kits de desenvolvimento para que elas otimizem o sistema de acordo com suas necessidades e aparelhos.
  2. A partir do lançamento oficial da nova versão do Android, as fabricantes finalmente começam a trabalhar em cima do novo sistema.
  3. Após isso, o sistema passa por uma melhoria nos drivers que foram enviados pelas fornecedoras de materiais para os aparelhos, como as fabricantes de chips.
  4. Na quarta etapa, começam a ser instalados os apps básicos para realização de chamadas e envio de mensagens.
  5. Com os apps básicos já instalados, agora é a hora de instalar os aplicativos que foram feitos especialmente para aquele aparelho.
  6. Na sexta etapa do processo, as instalações são devidamente testadas.
  7. Como sempre ocorrem erros, é nessa etapa que eles são corrigidos.
  8. Após lidar com os aplicativos, as fabricantes precisam cuidar da configuração dos padrões de Bluetooth, Wi-Fi e outros métodos de conexão
  9.  Agora é hora de enviar o código-fonte para as operadoras (Vivo, Claro, Oi, entre outras) fazerem algumas modificações necessárias.
  10. Após todo esse roteiro, o lançamento é finalmente realizado e as atualizações começam a ser aplicadas nos aparelhos.

É importante lembrar que, mesmo após lançado, as fabricantes costumam monitorar suas páginas nas redes sociais e fóruns de tecnologia em busca de feedbacks dos usuários e, se for o caso, trabalhar na resolução de problemas que possam surgir.

Uma longa jornada de desenvolvimento, não é mesmo? Deixe o seu comentário! 😀

Leia Também: