Curiosidades

5 fatos surpreendentes sobre os gatos pretos

Nenhum membro da raça possui uma reputação tão controversa quanto os gatos pretos. Na melhor das hipóteses, eles são vistos como nada fotogênicos. Na pior delas, eles são considerados os causadores de muita má sorte.

Porém, existem muitas curiosidades interessantes sobre esses animais de pelos escuros que muitas vezes são desconhecidas do público em geral. Por isso, listamos aqui cinco fatos que você talvez não saiba sobre os gatos pretos.

1. Em algumas culturas eles são considerados sinal de boa sorte

Apesar de possuir uma má reputação em algumas partes do mundo simplesmente por causa de superstições, existem muitas culturas onde os gatos pretos não são tratados tão mal assim. No Japão existe uma crença de que se você for uma mulher solteira e resolver possuir um gato preto, isso aumentará o seu número de pretendentes. Já se você estiver na Alemanha e um desses animais cruzar o seu caminho vindo do lado direito para o esquerdo, pode ser um sinal de que coisas boas estão vindo.

2. Não existe apenas uma raça de gatos pretos

A Cat Fanciers’ Association, maior associação de criadores de gatos do mundo, reconhece 22 raças diferentes que podem ter pelos com tonalidades sólidas de preto. Mas a raça Bombaim é a que a maioria das pessoas conhecem, com olhos que lembram a cor do cobre e uma pelagem preta e curta. Esses gatos costumam ser bastante afetuosos com seus donos, desde que sejam socializados e tratados da maneira correta.

3. Seus pelos podem “enferrujar”

A cor dos gatos pretos é definida por uma peculiaridade genética. Existem três variantes do gene dos pelos na cor preta: preto sólido, marrom e canela. Se um gato possui uma tonalidade preta sólida, mas também possui o gene de outras variantes, a exposição excessiva ao sol pode fazer com que o pigmento melanina em sua pele sofra uma mutação e revele outras cores que não eram vistas anteriormente. Ou seja, o que antes era um gato preto é agora um gato “marrom enferrujado”.

4. O gene responsável pela cor pode torná-los mais resistentes a doenças

A mesma coloração que lhes dá uma má reputação também pode fazer com que estes felinos superem alguns obstáculos. A mutação que faz com que o pelo de um gato seja preta está na mesma família genética que os genes conhecidos por dar aos humanos resistência a doenças como o HIV. Alguns cientistas acreditam que a cor desses gatos pode não ter muita relação com a camuflagem, mas sim com a resistência a doenças. Eles esperam que, à medida que mais genomas de gatos sejam mapeados, possamos até nos aproximar de uma possível cura do HIV.

5. Eles são considerados grandes amigos dos marinheiros

Não só eles eram bem-vindos a bordo dos navios britânicos para caçar ratos como também os marinheiros geralmente achavam que os gatos pretos trariam boa sorte e garantiria um retorno seguro para casa. Talvez essa seja a explicação pelo número considerável de menções aos gatos nos livros britânicos que retratam aventuras marítimas.

Interessante, não é mesmo? Comente! 😀

Você já assistiu nosso último vídeo no Canal Experimentando?

Clique aqui para assistir no YouTube

Você também pode gostar de