Curiosidades

Onde foi parar a turma do Ronald McDonald?

Onde foi parar a turma do Ronald McDonald?

Se você cresceu nas décadas de 80, 90 e início dos anos 2000 com certeza de lembra da simpática turma do Ronald McDonald que animava nossas idas ao estabelecimento para nos deliciarmos com o McLanche Feliz. Porém, você percebeu que eles simplesmente desapareceram? O que aconteceu?

Foi em 1971 que o grupo de marketing e publicidade do McDonald decidiu que eram necessários personagens simpáticos que atraíssem as crianças para dentro da lancheria, assim, surgiu a McDonaldland onde viviam Papa-Hambúrger (Hamburglar nos EUA) e Shake (Grimace) além do próprio Ronald McDonald que já havia sido criado em 1963. Após, em 1980 surgiu Birdie a equipe mágica da diversão e lanches maravilhosos. Porém, em 2003 toda a estratégia se modificou.

Isto porque diversas iniciativas começaram a surgir relacionadas a alimentação saudável onde crianças deveriam ficar longe de fritura, refrigerantes e quaisquer alimentos que fizessem mal, tudo para evitar problemas de saúde e a própria obesidade infantil. Se você comparar, verá que hoje o McLanche Feliz vem com muito menos batatas, acompanha uma fruta ou iogurte de sobremesa e ainda existe a possibilidade de você comprar o brinde separado já que no Brasil é proibido induzir a compra de algum alimento para o público infantil através do oferecimento de brindes e presentes – o que também explica o desaparecimento dos tazos e outros brinquedos que faziam nossa infância mais feliz.

Assim, uma das mais famosas redes de fast-food do mundo surgiu com o lema ‘Amo muito tudo isso’ e com campanhas mais focadas no público adulto, hoje podemos encontrar nas lancherias até mesmo opções de alta gastronomia com ingredientes selecionados para agradar os mais exigentes dos paladares. Hoje, o objetivo da empresa não é mais agradar as crianças, mas sim trazer produtos que tragam cada vez mais os jovens e adultos para dentro dos estabelecimentos. Sinistro, não acha? Já havia percebido a mudança? Comente!

Leia Também: