Curiosidades

Insetos bebem água?

Sempre que temos sede, pensamos instintivamente em água. Me lembro desde pequeno de uma cena em Vida de Inseto onde os insetos estão reunidos em um bar, “tomando umas”. Então desde aquela época, me pegava pensando se os insetos bebiam água na realidade, até porque nunca via uma formiguinha parar seu dia de labuta para matar a sede, só a via se alimentando da carcaça de outro inseto, pedaços de alimentos, etc.

Por exemplo, as formigas. Fazem parte da família Formicidae e são divididas em mais de 12 mil espécies descritas por biólogos ao redor do mundo, com uma estimativa de existirem mais de 20 mil ao todo. Comparando estes números à quantidade de mamíferos atualmente, há somente 40 espécies de cães listados. Dada a enorme variedade de espécies de formigas existentes, elas apresentam estilos de vida muito diferentes entre si. Isto inclui suas maneiras de coleta de fluidos necessários para sua sobrevivência (o que inclui água) e diferentes técnicas para ingestão de uma certa quantia de líquido. Então sim, insetos bebem água!

Mas como os insetos bebem água?

Para entender como os insetos ingerem água, precisamos entender como funciona a boca de um, pois o processo difere muito do organismo de um inseto para mamíferos. Assim como nós usamos nossa boca para beber, eles podem fazer o mesmo, mas de maneiras diferentes. A figura abaixo explica basicamente como se dividem as peças da boca de um gafanhoto:

Em verde, temos o labrum, (que exerce função parecida aos lábios, em seres humanos), em azul claro, as mandíbulas, usadas para cortar e moer pedaços de alimento, função também desempenhada pelos maxilares (em roxo) e, por fim, em bege, o labium, algo como o “chão” da boca de um inseto.

Para beber água, os insetos usam uma parte específica de suas bocas, na qual peças se movem de maneiras diferentes, cada uma com sua função particular. E, pra complicar ainda mais o trabalho dos biólogos, ocorreram significantes mudanças nos desenhos destas partes de uns tempos pra cá.

No caso das formigas (e alguns tipos de moscas, também), suas peças bucais não sofreram mudanças tão significativas comparadas aos gafanhotos, apesar de possuírem grandes semelhanças. A boca das formigas possuem um labrum, o qual é usado para segurar comida na boca enquanto esta é processada. Formigas usam as mandíbulas para pressionar o alimento, e os maxilares para processar alimentos sólidos. O labium é usado para segurar a comida na parte de baixo da boca, enquanto o inseto se alimenta.

Labium de uma formiga, peça da boca usada para beber água. Ela exerce praticamente a mesma função que a língua, para os humanos. Esta peça bucal é subdividida em várias outras partes. A hipofaringe (na flecha acima) é usada para manter o líquido, enquanto a glossa (atrás da língua) o transporta.

A língua de uma formiga traz a água se dobrando como a língua de um cão, como no vídeo abaixo:

Para sugar a água, as formigas fazem algo similar aos humanos. Realizando pressão negativa, puxam o líquido para a hipolaringe, de onde a água passa para o sistema digestivo.

A quantidade de água que uma formiga pode beber (e também o tempo que ela pode levar no processo) depende muito do tamanho de sua cabeça, logo, formigas com cabeças maiores podem beber mais. Isto também depende da espécie, o que influencia no tamanho do corpo do inseto. O que pode ser dito é que, uma formiga de tamanho médio pode beber entre 6 e 8 microlitros de água doce por vez. Formigas maiores podem beber mais (por volta de 35 microlitros), e formigas menores, um pouco a menos (as menores costumam beber 1 microlitro, em sua maioria). Detalhe: 1 microlitro é uma quantidade ínfima aos nossos olhos (e, principalmente, nosso organismo). Para se obter esta medida, é só dividir 1 litro em 1 milhão de partes. Pois bem, como exemplo prático disto, saiba que uma simples gota de chuva possui 30 microlitros. Coisa de louco, não!?

Falando nisso, já parou de rolar a barrinha do navegador  pra tomar um copo d’água? Vai lá!

Quando voltar, não se esqueça de deixar seu comentário e compartilhar com o pessoal! 🙂

Leia Também: