Connect with us

Hi, what are you looking for?

Curiosidades

O que acontece se um condenado à morte sobreviver à execução?

Mitos urbanos, filmes e até mesmo interpretações incorretas de leis levam muitas pessoas que vivem em países onde a pena de morte é permitida a crer que o condenado será liberado da pena caso a execução não seja bem-sucedida. Mas será que isso é realmente verdade ou é apenas um mito?

A verdade é que esses mitos urbanos são apenas mitos mesmo (pelo menos nos dias atuais). Em praticamente todos os países que aplicam esse tipo de pena, o réu pode até se livrar da execução quando o processo de julgamento ainda está em andamento. No entanto, quando o acusado é considerado culpado e é definitivamente sentenciado à morte, não há muito a ser feito e o jeito é esperar chegar a sua hora de partir, a menos que haja uma grande reviravolta em todo o contexto. Mas para uma melhor explicação do assunto desse post, vamos levar em conta apenas as situações que envolvem execuções “comuns”.

Se durante a execução de um condenado a cadeira elétrica, forca ou injeção letal não conseguir “fazer o trabalho” na primeira tentativa, as autoridades simplesmente tentam uma segunda vez e assim por diante. As leis sobre as sentenças de morte são geralmente bem claras neste quesito. A maioria delas estipulam que os condenados sejam submetidos ao método de execução definido “até que estejam mortos”.

E por mais incrível que pareça, essas situações são mais comuns do que você imagina. Em 1984, o estado americano da Geórgia sentenciou o criminoso Alpha Otis O’Daniel Stephens à pena de morte pelo assassinato de um homem que tentou imobilizar Stephens durante uma tentativa de assalto dez anos antes. O primeiro choque da cadeira elétrica não conseguiu matá-lo imediatamente. Stephens continuou vivo e, segundo alguns relatos, semiconsciente por cerca de seis minutos. Esse foi justamente o tempo que as autoridades esperaram para seu corpo esfriar o suficiente para que os médicos pudessem examiná-lo e decidir se outra descarga elétrica seria necessária.

Outro caso muito famoso é o de Romell Broon que foi condenado à pena de morte por estupro e assassinatos no estado americano de Ohio. No entanto, Romell sobreviveu a 18 tentativas de execução por injeção letal, o que acabou adiando sua sentença. Mas se você pensa que depois de tanto esforço a justiça deixou o caso de Romell pra lá, está enganado! A próxima tentativa de execução está marcada para junho de 2020, mas se levarmos em conta o antepassado de Romell, não sabemos se ele realmente vai morrer ou se sobreviverá mais uma vez.

Advertisement. Scroll to continue reading.

Sabia dessa? Deixe o seu comentário!

Leia Mais

Curiosidades

Vivemos em um mundo onde existem mais de 7 bilhões de pessoas, podemos imaginar que cada uma delas possuem características únicas e ainda assim...

Curiosidades

Ao redor do mundo podemos encontrar diversos pontos turísticos e belezas naturais, cada um deles possui sua particularidade e chama atenção por algum motivo....

Curiosidades

Existem algumas pessoas que possuem uma memória ótima e conseguem se lembrar de praticamente todas as coisas. As lembranças são bastante importantes para nós,...

Curiosidades

Os restaurantes fast food são bastante frequentados, principalmente para quem precisa fazer um lanche de baixo custo e delicioso. existem diversos desses restaurantes espalhados...

Curiosidades

Incontáveis são as personalidades históricas que já passaram por aqui, nossos livros estão cheios de linhas narrando a trajetória de parte deles. Alguns são...

Curiosidades

A tecnologia está em constante evolução e atualmente ela faz parte da vida de praticamente todas as pessoas. Seja smartphone, tablet ou até mesmo...