Curiosidades

Qual a diferença entre os calendários solares e lunares?

A menos que você tenha instalado algum programa que altere a maneira como o seu sistema operacional funciona, seu computador muito provavelmente deve usar um calendário solar. Este calendário é baseado no movimento do sol e é aquele com o qual as pessoas do mundo ocidental estão mais familiarizadas. Por causa disso, muita gente desse lado do planeta não conhece o funcionamento do calendário lunar, que também tem suas utilizações e contribuições históricas. Embora os métodos usados ​​para medir os meses sejam diferentes entre esses dois calendários, ambos podem ajudar diferentes pessoas a acompanhar a passagem do tempo com precisão e gerenciar sua vida de uma maneira eficiente.

Ao longo da história, as pessoas usaram diferentes tipos de calendários para ajudá-los a saber o tempo certo de plantar, escolher os melhores horários de caça, planejar reuniões e observar feriados religiosos. Todos os calendários funcionam de uma forma que possibilita a organização de unidades de tempo ao observar ciclos astronômicos.

Em resumo, o calendário solar usa como base o movimento da Terra ao redor do Sol, que é chamado cientificamente de translação. O período exato para a conclusão desse ciclo é de 365 dias, 5 horas, 48 ​​minutos e 46 segundos. Os doze meses desse calendário não têm exatamente o mesmo período de duração, mas na prática as diferenças são bem pequenas e existem para que possamos ter um número inteiro de dias em cada mês. A cada quatro anos é necessária a adição de um dia extra para corrigir a imprecisão da contagem do tempo. Os anos que têm esse dia a mais são chamados de anos bissextos.

Por outro lado, os calendários lunares usam como fundamento a movimentação da Lua, de modo que diferentemente do anterior, esse calendário não possui nenhuma conexão com o movimento da Terra ao redor do Sol. O calendário islâmico usa esse tipo de cronograma e projeta a sequência dos meses de acordo com as fases da Lua. Ao longo de um ano, esse calendário apresenta 354 ou 355 dias, o que faz com que ele tenha cerca de 11 dias a menos que o calendário solar. No entanto, essa diferença é acertada com a inclusão de alguns dias em épocas de anos pré-determinados.

Vale lembrar que ainda existem os calendários lunissolares, que basicamente misturam características dos dois citados anteriormente. Os calendários hebreu e chinês são os mais conhecidos desse tipo.

Interessante, não? Deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de