Curiosidades

Você sabia que é possível sofrer queimaduras solares mesmo em dias nublados?

Você sabia que é possível sofrer queimaduras solares mesmo em dias nublados?

Durante o verão, é bem comum nos atentarmos ao uso de protetores solares como uma forma de proteger a nossa pele dos raios solares. No entanto, todos nós tendemos a parar de nos preocupar com a exposição ao sol quando o tempo está fechado, principalmente em épocas de frio, como no inverno. Mas você sabia que é possível obtermos queimaduras solares até mesmo quando o tempo está nublado?

Por mais incrível que pareça, os raios de sol dos dias nublados podem ser tão prejudiciais quando o céu está totalmente claro, pois qualquer área exposta do corpo ainda pode sofrer queimaduras solares. Segundo a Dra. Apple Bodemer, professora associada de dermatologia da Universidade de Wisconsin-Madison, mesmo que você ande ao ar livre apenas quando o tempo está fechado, sua pele ainda estará sendo exposta à radiação solar sob a forma de luz ultravioleta (UV).

De fato, a quantidade total de raios UV diminui ligeiramente durante o inverno por causa da mudança do ângulo no qual os raios do sol atingem a Terra. Mas as pessoas que ficam expostas ao sol de inverno (especialmente aquelas que são propensas a se queimar no verão) ainda correm o risco de sofrer queimaduras solares nesse período. Até os moradores de países extremamente frios também podem sofrer esse risco, pois a neve e o gelo podem piorar o dano solar ao proporcionar um ângulo duplo para a penetração dos raios UV na pele.

Também é importante destacar que os danos da pele causados ​​pela exposição aos raios UV aumentam com o tempo, por isso é muito comum vermos pessoas mais idosas sofrerem mais com problemas relacionados à essa questão. Eventualmente, os danos na pele relacionados à radiação UV podem levar ao desenvolvimento de câncer de pele, que é o tipo mais comum de câncer em boa parte do mundo, incluindo o Brasil. Em geral, o fator que mais contribui para a sensibilidade aos raios solares é o nível de palidez da pele. Mas é importante deixar claro que até as pessoas de pele morena também podem desenvolver problemas através dos danos causados pelos raios UV.

Felizmente, a solução para se proteger contra queimaduras solares é bem simples: usar protetor solar com frequência. Apesar de geralmente apresentar um preço relativamente salgado, esse produto pode ser crucial na preservação da sua pele. Existem diversas opções disponíveis no mercado, sendo que algumas delas são desenvolvidas especialmente para algumas partes do corpo, algo que pode ajudar bastante as pessoas que sofrem com algum tipo de sensibilidade em uma região específica.

Sabia dessa? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: