Curiosidades, Saúde

É possível sofrer uma overdose de vitaminas?

É possível sofrer uma overdose de vitaminas?

É bastante comum ouvirmos falar que “tudo em excesso faz mal”. Mas você sabia que isso também pode ser aplicado ao consumo de vitaminas, especialmente aquelas vendidas em cápsulas? De fato, o aumento na oferta e procura desse tipo de suplemento têm levado alguns especialistas a considerar a ingestão excessiva desses compostos um risco pouco conhecido pelo público.

Cientificamente falando, uma vitamina é qualquer um dos vários compostos químicos que ajudam os organismos a crescer e a permanecer saudáveis. Elas podem ser encontradas naturalmente em frutas e legumes, mas muitas pessoas optam por obtê-las na forma de pílulas ou até mesmo como comprimidos mastigáveis, que podem apresentar a forma de algum personagem de desenho animado para facilitar o seu consumo por parte das crianças.

No entanto, apesar de todos nós precisarmos de vitaminas para sobreviver, isso não significa que precisamos tomar vitaminas em cápsulas. Na verdade, praticamente todas as pessoas (com exceção de mulheres grávidas e pessoas com problemas de absorção) podem obter todas as vitaminas que necessitam ao fazer uma dieta balanceada. Frutas e vegetais são naturalmente ricos em vitaminas, assim como nozes, laticínios, ovos e até mesmo a carne, caso seja consumida com cautela. De fato, a deficiência de vitaminas no corpo ocorrem com algumas pessoas e podem causar problemas de saúde, mas essas deficiências costumam ser muito menos comuns do que alguns vendedores de vitaminas nos fazem acreditar.

Se você tem uma dieta saudável e sempre consome alimentos fortificados, o fato de tomar vitaminas sem um diagnóstico preciso pode causar uma certa exaustão desses compostos no seu organismo. à primeira vista, isso pode parecer até parecer uma coisa boa, pois se ter vitamina D suficiente é bom, ter mais do que o necessário deve ser melhor, certo? Bem, na verdade não é assim! Seu corpo requer uma quantidade definida de cada vitamina. Exceder essa quantidade não o tornará mais saudável e pode até deixá-lo doente. O excesso de vitamina C, por exemplo, pode causar náuseas, diarreias e cólicas estomacais. A vitamina D em excesso pode provocar vômitos, perda de apetite e problemas renais. Por outro lado, a ingestão excessiva de vitaminas do complexo B pode causar danos nos nervos. Ou seja, já da pra ter uma ideia de que é possível sim ter uma “overdose” de vitaminas.

Ainda assim, é importante deixar claro que para atingir níveis perigosos de qualquer vitamina é necessária uma ingestão extremamente além do recomendado. Mas como uma overdose de vitaminas é tecnicamente possível, devemos sempre nos atentar a uma boa dieta e recorrer aos suplementos apenas em casos específicos e diagnosticados por um especialista.

Sabia dessa? Compartilhe a matéria e deixe o seu comentário!

Leia Também: