Curiosidades, Mistérios

Você conhece a lenda da Mula Sem Cabeça?

A Mula Sem Cabeça é um personagem do folclore brasileiro. A origem da lenda é desconhecida. Há várias versões da lenda, entre elas uma conta que se transforma em Mula Sem Cabeça a mulher que tiver um relacionamento amoroso com um padre. Se transforma em animal, com chamas no lugar da cabeça. Mesmo sem cabeça, relincha e às vezes soluça como um ser humano. Nos cascos leva ferraduras de prata ou de aço.

Diz-se também que ela é atraída pelas unhas e dentes das pessoas, devido o brilho. Portanto se enxergá-la, deve-se deitar de bruços no chão, para esconder o brilho.

Leia também: Livros infantis bizzaros com histórias macabras. 

Algumas versões contam que a mulher voltava ao normal ao terceiro cantar do galo, ou quando se machucava. Outras dizem que não voltava a normalidade nunca. Ela costuma aparecer só durante a noite, principalmente nas sexta-feiras, seu relincho é ouvido de muitos metros de distância. Há versões que dizem que se a mulher dormir com o namorado antes do casamento, também se tornaria uma Mula Sem Cabeça.

Diz a lenda que para acabar de vez com o encantamento, é preciso tirar sangue da Mula com uma madeira nunca usada, ou arrancar-lhe o freio. Uma versão diz que o padre amante também poderia tirar o encantamento, amaldiçoando a Mula sete vezes antes de celebrar a missa.

Como surgiu a lenda

A origem exata é desconhecida, mas diz-se que a lenda surgiu para evitar que as mulheres vissem os padres como homens, deveriam vê-los como seres especiais, quase santos. Também se acredita que a lenda surgiu devido as tradições das famílias que controlavam os relacionamentos das filhas.

A lenda também existe em outros países, como Argentina e México, onde é conhecida por Mula Anima e Marola. Em algumas regiões do Brasil, a Mula Sem Cabeça é conhecida como Mula Preta, Mulher do Padre ou Mula de Padre.

E você conhecia essa lenda? Conta pra nós!

Você também pode gostar de