História

Você sabe o que foi a Guerra dos Farrapos?

A Guerra dos Farrapos, também conhecida como Revolução Farroupilha, ocorreu no Rio Grande do Sul e durou dez anos de 1835 até 1845. A Guerra dos Farrapos foi um conflito regional contra o Governo Imperial do Brasil.

O que levou à guerra?

Entre os motivos que levaram à guerra, o mais importante foi a revolta com os altos impostos cobrados pelo governo em cima do couro e charque, principais produtos da economia do Rio Grande do Sul naquela época. Os farroupilhas também eram contra o fato de que o charque e o couro vindo de outros países  entrava no Brasil com preços bem mais baratos, dificultando o comércio local.

Ao longo dos anos, o conflito assumiu um caráter separatista. Desejando liberdade, abolição da escravatura e democracia, em 11 de setembro de 1836 foi declarada a Proclamação da República Rio-Grandense. Foi criado um hino nacional e uma bandeira para o novo estado, que até hoje são mantidos pelo Rio Grande do Sul. A cidade de Piratini foi definida como a capital da república, sendo chamada de República do Piratini. Hoje a capital do estado é Porto Alegre.

Como se desenrolou o conflito?

Em 1837, o líder revolucionário Bento Gonçalves é declarado presidente da República do Piratini. A luta dos farroupilhas estava se tornando cada vez mais popular e apoiada. O revolucionário italiano Giuseppe Garibaldi ajudou a propagar o movimento, tomando Laguna, em Santa Catarina e declarando a República Juliana, confederada à República Rio-Grandense, aumentando mais ainda o cenário da revolução.

Leia também: Quem foi Napoleão Bonaparte?

Em 1840 foi concedida anistia a todos os rebeldes do período regencial. O novo presidente tentou convencer os farroupilhas a terminar a guerra e aceitar anistia, mas não obteve sucesso, os rebeldes seguiram lutando. Os farroupilhas também constituíram a Marinha Rio-Grandense. Giuseppe Garibaldi era o capitão da marinha. Ele coordenou a construção de dois barcos de guerra. Foi assim que os farrapos chegaram a Laguna.

O fim do conflito

Em 1845 os farrapos aceitam a “paz honrosa”, que incluía algumas das suas reivindicações: incorporação dos oficiais farroupilhas ao exército imperial, anistia, liberdade aos escravos que haviam lutado ao lado dos farroupilhas e diminuição dos impostos no Rio Grande do Sul.

Você conhecia essa história? Comente!

Você já assistiu nosso último vídeo no Canal Experimentando?

Clique aqui para assistir no YouTube

Você também pode gostar de