Curiosidades

Por que o sal é usado para derreter a neve nas estradas de países frios?

Diferentemente dos países de clima tropical, como o Brasil, existem alguns lugares no planeta que sofrem com a grande quantidade de neve que as estações mais frias costumam trazer consigo. Em lugares assim, vários caminhões de degelo são usados para espalhar sal nas rodovias, ruas e calçadas para derreter o gelo acumulado. Mas afinal, como essa técnica de degelo realmente funciona?

Primeiramente, é preciso deixar claro que o sal usado no derretimento de neve das estradas é diferente do sal que usamos nas nossas refeições. O sal usado como degelo é basicamente halita, um sal de rocha de origem sedimentar que apresenta um aspecto brilhante e transparente. Esse sal jogado em ruas e estradas funciona como um agente que diminui o ponto de congelamento da água através de um processo chamado “depressão do ponto de congelamento”. Nesse caso, o ponto de congelamento da água é reduzido com a adição do sal, dificultando a formação de gelo. Por exemplo, uma solução salina de 20% só pode ser congelada a partir de -16 ºC, uma temperatura bem mais baixa que a temperatura de congelamento normal da água, que é 0 ºC. Desse modo, a neve salinizada tende a derreter sem a necessidade de um aumento na temperatura local.

Só que, na prática, deve haver pelo menos um pouquinho de água na estrada para que a depressão do ponto de congelamento funcione adequadamente. É por isso que, nos locais onde esse tipo de degelo é utilizado, é possível ver caminhões tratarem previamente as estradas com uma solução de salmoura (uma mistura de sal e água) quando a neve está prevista para atingir o local. Se as estradas estivessem completamente secas, a depressão do ponto de congelamento não faria muita diferença. Mas o pré-tratamento com uma solução de salmoura pode ajudar até mesmo a reduzir a quantidade de caminhões de sal que precisarão trabalhar no descongelamento das estradas.

No entanto, esse método costuma receber um grande número de críticas, já que a halita tem seus limites. Se a temperatura da estrada for inferior a cerca de -9 ºC, o sal não terá qualquer efeito sobre o gelo, já que ele simplesmente não conseguirá se infiltrar na estrutura da água congelada para iniciar o processo de dissolução. Além disso, como a halita não é purificada, ela contém elementos contaminantes que incluem chumbo, ferro, alumínio e fósforo, que podem penetrar no solo e contaminá-lo. No entanto, a halita continua a ser o descongelante mais utilizado e mais acessível.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de