Curiosidades, Notícias, Saúde

Casal morre de Peste Bubônica na Mongólia

Casal morre de Peste Bubônica na Mongólia

No fim de abril um casal contraiu Peste Bubônica e deixou em alerta as autoridades de saúde da Mongólia. Hoje vou te contar mais sobre isso.

O que é a Peste Bubônica?

Mais conhecida por Peste Negra, a Peste Bubônica foi a doença responsável por dizimar um terço da população europeia no século XIV. Segundo as estimativas da OMS, a peste matou cerca de 50 milhões de pessoas na época.

Ela é causada pela bactéria Yersinia pestis que é encontrada principalmente em animais de pequeno porte, os roedores. Seus sintomas são a formação de feridas que soltam pus, febre, dor de cabeça, vômito,  calafrios e náuseas. Os sintomas se manifestam entre um e sete dias após a infecção. Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), a doença pode matar em menos de 24 horas. Se a peste for detectada a tempo, pode ser curada com antibióticos.

Leia também: O que foi a Peste Negra?

Como o casal contraiu a Peste

Segundo os jornais local, o casal contraiu a doença após comer rins crus de uma marmota, na cidade de Ugli, na Mongólia. É proibido consumir marmotas no país, mas mesmo assim o homem teria caçado o animal e consumido sua carne juntamente com a esposa. A bactéria Yersinia pestis estava presente no animal e atingiu o estômago dos dois. Eles eram nativos de Ugli.

O marido, que tinha 38 anos, morreu no dia 27 de abril. Sua esposa, que tinha 37 anos e estava grávida, morreu três dias depois.

Como está a situação

A cidade de Ugli faz fronteira com a cidade Novosibirsk, na Rússia. Como a Peste Bubônica é altamente contagiosa, a cidade de Ugli foi posta em quarentena e a fronteira com a Rússia está fechada para evitar que a doença se espalhe.

Cerca de 158 pessoas, que tiveram contato com o casal, estão sob supervisão médica. Com a cidade isolada, moradores e turistas estão impedidos de sair do local.  A maior parte dos turistas é europeu.

O Ministério da Saúde do país não considera a situação crítica, mas por precaução está investigando. A estimativa é de que a quarentena na cidade possa durar até 21 dias.

A Peste Bubônica no mundo

 A doença ainda não foi erradicada. Segundo a OMS, hoje a maior parte dos casos de peste estão no Congo, Madagascar e no Peru.

Segundo o Ministério da Saúde, o último caso de Peste Bubônica registrado no Brasil foi em 2005, no Ceará.

A prevenção dessa doença consiste em medidas de saúde pública, saneamento básico, uso de repelentes de insetos, erradicar roedores nas áreas habitadas. Vacinas não se mostraram eficazes na prevenção da peste.

Você conhecia esse caso e essa doença? Conta pra nós!

Leia Também: