Curiosidades, Saúde

Mitos e verdades sobre a doação de sangue

A doação de sangue é um pequeno ato, capaz de salvar vidas. Dia 14 de junho é o Dia Mundial do Doador de Sangue. Esse ato rápido e indolor ainda traz algumas dúvidas, por isso hoje trouxemos uma lista com mitos e verdades sobre a doação de sangue. Vem que eu te conto!

Mitos sobre a doação de sangue

  • Pessoas com piercing e tatuagem não podem doar sangue

Isso é um mito. Pessoas com tatuagens podem realizar a doação um ano após a realização do desenho.  Um ano é o tempo que leva para doenças contagiosas, que possam ter sido transmitidas pela agulha, se manifestarem. Quanto aos piercings, somente pessoas com piercing na cavidade oral não podem realizar a doação, pois a boca é a parte do nosso corpo mais receptiva a infecções.

Leia também: Corpo humano: Os maiores mitos que sempre acreditamos

  • Idosos não podem doar sangue

Segundo o Ministério da saúde, pessoas entre 16 e 69 podem realizar a doação.

  • A doação pode ser realizada a cada 30 dias

O intervalo mínimo entre as doações é de 60 dias para os homens e 90 dias para as mulheres. Ou seja, em um ano o homem podem doar sangue 4 vezes por enquanto a mulher pode doar 3 vezes.

  • Doar sangue enfraquece o organismo

Todo volume doado é reposto pelo seu corpo em 24 horas.

Verdades sobre a doação de sangue

  • O peso influencia na doação

Isso é verdade, pois o peso do doador deve ser a partir de 50 quilos.

  • Gestantes e lactantes não podem doar

As lactantes devem aguardar 12 meses após o parto.

  • Preciso estar descansado e alimentado

Sim, precisa. É importante não ter praticado atividades físicas intensas antes da doação e estar bem nutrido. Também não pode ter ingerido bebidas alcoólicas até 24 horas antes da doação.

Você conhecia esses mitos e verdades sobre a doação de sangue? Conta pra nós!

Leia Também: