Bizarro, Curiosidades, Mistérios

Os 5 medos mais comuns entre as pessoas

Os 5 medos mais comuns entre as pessoas

O medo é uma reação natural do nosso corpo. Em pequenas doses, ele é até saudável, pois impede que tenhamos atitudes que nos exponham a riscos desnecessários. O medo acompanha todos nós, todos tememos  algo. Por isso hoje trouxemos uma lista com os 5 medos mais comuns entre as pessoas. Vem que eu te conto!

Mas o que é o medo?

O medo é um estado emocional que surge quando nos deparamos com uma situação de perigo. Ao nos depararmos com uma situação, física ou mental, que nos assuste, o cérebro ative uma série de compostos químicos que provocam reações que caracterizam o medo. As reações físicas desencadeada pelo medo são: batimentos acelerados, suor, contração muscular e respiração acelerada

Leia também: Conheça as 5 piores formas de morrer

O medo é necessário para a sobrevivência das espécies, inclusive os humanos. Pois ele prepara o corpo para duas prováveis reações: ou fugir ou confrontar.

Os 5 medos mais comuns entre as pessoas

O medo nos trás a sensação de vulnerabilidade. Do que você tem mais medo? Você tem medo de algo comum, ou de alguma coisa que ninguém imaginaria? Eu tenho uma vasta lista de medos, confesso. Então, vamos conhecer os medos mais comuns da pessoas em geral?

  • Medo da morte

A morte é inevitável, vai chegar para todos nós em algum momento. Mas o medo da morte é o mais popular entre as pessoas. O que assusta é não saber como ela vai ocorrer: um acidente, facada, assalto, doença… Quem pode saber? É assustador.

  • Medo de falar em público

Pode parecer um medo bobo comparado com o anterior, mas o medo de falar em público é universal e atinge uma grande parcela da população. Em alguns casos se torna tão extremo que a pessoa evita o contato com qualquer outro ser humano, mesmo os membros da família.

  • Medo de altura

Segundo os especialistas, esse tipo de temor vêm dos nossos ancestrais e é fruto de um instinto de sobrevivência, pois até mesmo os mamíferos do mundo animal evitam lugares altos. O pavor extremo de alturas se chama Acrofobia e atinge de 2 a 5% da população mundial.

  • Medo de sangue

Segundo especialistas, o medo de sangue tem relação com algum evento traumático envolvendo sangue que a pessoa tenha vivenciado. Chamado de hematofobia, quem sofre desse medo enfrenta desmaios e batimentos acelerados. Quando essas pessoas vêem o sangue, são ativadas áreas do cérebro que lhes fazem lembrar de lesões e vulnerabilidade, causando um estado de ansiedade e pavor.

  • Medo de lugares fechados

Conhecido como Claustrofobia, o medo de lugares fechados se manifesta quando a pessoa é exposta a situações que lhe causam imenso pavor e ansiedade: elevadores, túneis, lugares trancados. Esse medo também se manifesta quando a pessoa está no meio de uma multidão. Especialistas afirmam que 2 em cada 10 pessoas sofrem desse transtorno ao redor do mundo.

Como combater o medo?

Se você tem um medo que te incomoda muito, compromete suas relações sociais, te impede de viver bem, procure um psicólogo. Hoje existem diversas terapias para combater os medos. Os médicos usam diversas técnicas para incentivar o paciente a enfrentar seus medos progressivamente.

Você tem medo de alguma coisa? Conta pra nós!

Leia Também: