Curiosidades, História

Conheça as grandes traições da História

Conheça as grandes traições da História

A História da humanidade é repleta de acontecimentos: epidemias, mortes, guerras, traições… Pois é, traições. A mais icônica é a de Judas quando traiu Jesus. Mas aconteceram mais algumas outras, bem importantes por sinal, ao longo da história. Hoje vou te contar mais sobre isso. Vem comigo!

As grandes traições da História

  • Judas e Jesus

Vamos começar a lista com a traição mais conhecida pela humanidade. Judas é o traidor mais conhecido de todos os tempos. Ele entregou Jesus aos soldados romanos por 30 moedas de prata. Ele combinou com os soldados romanos que após a última ceia, a pessoa que ele beijasse no rosto seria Jesus. Assim Jesus foi capturado e crucificado. A história conta que Judas teria se arrependido e se suicidado. Até hoje seu nome é associado a alguém traidor.

  • Tiradentes e Silvério

Tiradentes organizou um movimento separatista quando a Coroa Portuguesa passou a aplicar taxas abusivas. Porém, um de seus companheiros, Joaquim Silvério, entregou todos os detalhes sobre o movimento para os portugueses. Por seu ato, Tiradentes acabou enforcado e esquartejado. Por sua traição aos companheiros, Silvério ganhou posses e nomeações.

  • César e Brutus

Essa dupla é responsável pela famosa frase: “Até tu, Brutus?” A traição de Brutus também é uma das mais conhecidas da história. Brutus era filho adotivo de Julio César e foi o responsável por reunir 60 senadores de Roma para tirar o pai do poder. No dia 15 de março de 44 a.C. César foi assassinado nas escadarias do senado com 23 facadas. Foi morto pelas mãos dos senadores e de Brutus. Suas últimas palavras foram “Tu também, meu filho?” ao avistar Brutus entre seus assassinos. A versão que conhecemos vem da peça de Shakespeare: Até tu, Brutus?

Leia também: Os eventos mais importantes da história

  • Efialtes de Trachis e rei Leônidas

Efialtes cometeu traição contra o rei Leônidas em 480 a.C. Durante a Batalha de Termópilas, ele conduziu o exército persa até a retaguarda do exército espartano, do rei Leônidas. Efialtes esperava recompensa e reconhecimento de Xerxes, líder persa. Mas não recebeu nada em troca de sua traição.  Teve a cabeça posta a prêmio e foi morto algum tempo depois.

  • Theodore Hall

Ele foi um dos grandes responsáveis pelo desenvolvimento das bombas atômicas usadas na Segunda Guerra Mundial. Ele era funcionário dos Estados Unidos, mas na verdade era um espião infiltrado da União Soviética. Ele deu descrições detalhadas sobre as bombas para os soviéticos, inclusive como purificar o plutônio das bombas. Posteriormente ele confessou para o FBI que era um espião.

Você conhecia as histórias dessas traições? Conta pra nós!

Leia Também: