Curiosidades, Saúde

Quais os benefícios do veganismo para o meio ambiente?

Quais os benefícios do veganismo para o meio ambiente?

Você provavelmente já deve ter ouvido falar bastante nos noticiários a respeito dos constantes incêndios florestais ao redor do mundo, mas você sabia que a maioria desses incêndios foi intencionalmente provocada por causa da indústria de carne bovina? Sim, isso mesmo! Basicamente, muitos fazendeiros queimam florestas para limpar mais terras para pastagem de gado. E por que precisamos de quantidades tão grandes de terras agrícolas para o gado? Obviamente, para a obtenção de carne.

Caneca para Presente

Quando pensamos em salvar o meio ambiente, comumente pensamos em reduzir a poluição, geralmente fazendo melhores escolhas de transporte. No entanto, existe uma maneira ainda mais benéfica para salvar o meio ambiente: se tornar vegano!

Ao longo desse post, nós vamos explorar alguns fatores que ajudam a explicar por que o veganismo pode ser altamente benéfico para a preservação do meio ambiente.

O que é uma dieta vegana?

Uma dieta vegana é uma dieta puramente baseada em alimentos que não são de origem animal. Ou seja, trata-se de uma dieta composta por frutas, vegetais, leguminosas e sementes. No entanto, o veganismo não é apenas uma dieta, mas um estilo de vida inteiro. Um vegano não é apenas uma pessoa que deixa de comer animais, mas também se recusa a usar produtos de origem animal, como seda e couro.

É importante deixar claro que o veganismo não deve ser confundido com o vegetarianismo, pois os vegetarianos não comem animais, mas consomem produtos de origem animal, como leite, queijo e outros produtos lácteos.

Cientificamente falando do ponto de vista evolutivo, nossos ancestrais inicialmente precisavam comer carne para sobreviver (a agricultura foi descoberta mais tarde). Por isso, evoluímos para ter dentes especialmente projetados para comer carne (caninos). No entanto, a questão é que hoje não há necessidade de comer carne, sendo isso simplesmente uma questão de escolha.

Como o veganismo pode ajudar a salvar o meio ambiente?

Um estudo realizado na Universidade de Oxford descobriu que se tornar vegano pode reduzir a pegada de carbono (a principal medida que calcula a emissão de carbono) de uma pessoa (a partir de alimentos) em até 73%. Agora, vamos supor que estamos vivendo em um mundo utópico, onde todos são veganos. Nesse caso, uso global de terras agrícolas seria reduzido em 75%.

Caneca para Presente

Na prática, isso resultaria em uma quantidade incrivelmente grande de terra que estaríamos economizando para outros fins. De fato, isso representaria uma área equivalente aos territórios de Austrália, China, Estados Unidos e toda a União Européia combinados! Nações como Índia e China provavelmente também se sentiriam muito menos congestionadas! Um estudo realizado pela Science também revelou que carne e laticínios são responsáveis por 60% das emissões de efeito estufa emitidas pela indústria agrícola.

No que diz respeito à superexploração de recursos, normalmente pensamos apenas nos seres humanos, mas você sabia que animais de fazenda, como galinhas e porcos, são os principais consumidores de água em várias partes do mundo? Assim, fica claro de entender que o veganismo não apenas poupa a vida dos animais, mas também é ambientalmente mais sustentável.

Produzir um quilo de carne bovina requer cerca de 2.400 galões de água, enquanto que produzir um quilo de trigo requer apenas 180 galões. Além disso, os laticínios são os principais contribuintes para a poluição atmosférica, muito mais do que caminhões e veículos, sem falar que as fezes desses animais são geralmente usadas como fertilizante, o que resulta em escoamento para os corpos d’água mais próximos, tornando-as a principal fonte de poluição nas vias navegáveis.

Uma palavra final

É importante destacar que, quando falamos sobre o meio ambiente, não estamos falando apenas da flora, mas também da fauna, sendo que a vida animal também inclui as criaturas criadas em fazendas. No fim das contas, crueldade para uma espécie é crueldade para todos, pois sabemos que a produção em larga escala exige muito espaço, o que significa manter os animais em lugares muito apertados. Desse modo, para atender à crescente demanda, muitos animais são drogados para engordar, crescer mais rápido ou até mesmo para produzir mais leite.

É por isso que, seja por razões ambientais, religiosas ou humanitárias, o veganismo vem sendo visto com mais atenção nos anos mais recentes. Estudos sobre dietas à base de plantas já mostraram que esse estilo de vida mais natural pode reduzir significativamente o surgimento de doenças cardiovasculares e pode melhorar a saúde mais do que uma dieta não vegetariana.

Se as estatísticas sobre mudanças climáticas e o colapso iminente de nosso ecossistema global não forem suficientes para assustar algumas pessoas, talvez o conhecimento de que qualquer ser humano pode viver mais e se manter mais saudável com uma dieta vegana fará com que muitos repensem algumas das suas escolhas alimentares diárias.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Você também pode gostar de