Curiosidades

Como funciona uma Guarda no Exército Brasileiro?

Como funciona uma Guarda no Exército Brasileiro?

Uma das primeiras experiências que um milico pode ter ao servir o Exército é ficar de serviço, sendo de Guarda ou de Permanência. No meu caso, até o momento eu só fiquei como guarda e posso dizer com toda certeza que foi uma experiência surreal e senti que devia trazer um post contando como foi para vocês, afinal muitos aqui do TriCurioso estão perto de se alistar as forças armadas. Inclusive já fizemos vários posts sobre o Exército Brasileiro aqui no blog, vou deixar alguns logo abaixo para vocês poderem assistir. Espero que gostem!

Sites Responsivos e Profissionais

Antes de começar a falar sobre a guarda, tenho que explicar como é feita a distribuição do serviço. O Exército é dividido em quatro turmas: Caveira, Águia, Cães de Guerra e Dragão. Cada uma dessas turmas possuem um número mais ou menos igual de milicos e a divisão de serviço é feita com base nisso. Toda semana uma turma diferente assume o serviço, afinal um mês possui 4 semanas e a força possui 4 turmas, ou seja, a conta bate certinho.

Alguns dias antes do milico pegar serviço, o sargento passará uma relação, como fosse uma escala, listando o nome dos homens que ficaram de guarda, comandante da guarda e permanência. Vale lembrar que o permanência troca de turno de manhã e de tarde e os guardas ficam 24 horas servindo… Sim, é bem complicado.

Essa relação geralmente contará com o nome de 9 homens (por dia), sendo 2 permanências, 1 comandante da guarda e 6 guardas. Os permanências tem a função de recepcionar quem for visitar o quartel, já o comandante da guarda funciona como se fosse o “Líder” dos 6 homens de guarda, ou seja, ele que escolhe o horário do pessoal, ele que acorda e troca os milicos de serviço. O comandante também é responsável por preencher uma papelada, onde ele resume como foi as 24 horas de serviço.

Caneca para Presente

Chegando finalmente aos guardas, os homens destinados a essa função serão equipados com um armamento e em duplas, cumpriram o serviço a cada 2 horas. Chamados de sentinelas, os guardas terão que ter uma senha e contra-senha para poderem passa o posto para o próximo e durante essas duas horas, terão que ficar andando em frente ao portão, analisando qualquer atividade suspeita. Isso tudo, por incríveis 24 horas, meus amigos.

Completada 24 horas na manhã do outro dia, o comandante terá que organizar o hasteamento da bandeira do Brasil. Lembrando que apenas 3 guardas são escolhidos para essa função, sendo um deles, o portador da bandeira.

Só quem já passou por isso deve saber o quão satisfatório é, principalmente pelo nascer incrível que dá pra se ver só do quartel. Se você sonha em servir o Exército, batalhe bastante, porque a recompensa chega uma hora.

Mas e aí, o que achou do post? Comente logo abaixo 😀

Você também pode gostar de