Connect with us

Hi, what are you looking for?

Curiosidades

Por Que nós somos tão curiosos?

Por Que Nós Somos Tão Curiosos?

Nós humanos somos seres curiosos por natureza e isso vem nos acompanhando desde a pré-história, quando os nosso ancestrais habitavam a terra. Nós estamos constantemente tentando aprender coisas novas, além de querer explorar áreas desconhecidas e até mesmo entender algo que à primeira vista parece ser bem complicado.

Bom, certamente você é uma pessoa bastante curiosa, não é mesmo? Afinal de contas você está aqui no TriCurioso, um site que tem diversas curiosidades do mundo. Em algum momento você já se perguntou por que nós somos tão curiosos? Essa é uma pergunta bastante interessante e iremos responder agora mesmo.

Os Nossos Antepassados

Quando a vida na terra veio a existir e os nossos antepassados começaram a habitar aqui, era tudo muito novo, afinal de contas, se tratava de uma quantidade pequena de seres e um mundo imenso para ser explorado. Esses antepassados foram ganhando aos poucos uma insaciável curiosidade sobre o mundo, graças à seleção natural.

Você já deve ter ouvido falar sobre como o fogo foi descoberto, certo? O Homo Erectus em determinado momento descobriu que se fizesse fricção entre duas pedras, esfregando uma na outra, ele conseguia produzir uma faísca, que se colocada em algum lugar de fácil combustão, pegaria fogo normalmente. Isso só foi possível graças à curiosidade que já estava no DNA.

Por Que Nós Somos Tão Curiosos?

A Curiosidade Pelos Olhos da Ciência

De acordo com a ciência, a curiosidade é a capacidade natural e inata da  inquiribilidade, evidente pela observação de muitas espécies animais, e no aspecto dos seres vivos que engendra a exploração, a investigação e o aprendizado. Como já falamos mais acima, a curiosidade faz parte dos seres humanos por natureza e por isso estamos sempre descobrindo coisas novas.

Mas vale lembrar que a curiosidade é boa até certo ponto, quando ultrapassa um limite pré-estabelecido pela ética social, como a invasão de privacidade de determinada pessoa ou até mesmo quando ‘xeretar’ a vida do outro, já não é uma curiosidade tão boa.

Estudo da ReVista pnas

Um trabalho científico realizado pelo Instituto de Neurociência Helen Wills e Haas School of Business e publicado pela revista PNAS no ano passado tentou buscar as respostas sobre curiosidade dentro da nossa cabeça e como ela está relacionada a questões econômicas e psicológicas. O estudo também tentou entender o por que as pessoas estão constantemente buscando informações.

O estudo foi feito da seguinte forma:

Advertisement. Scroll to continue reading.
  • Os pesquisadores recrutaram voluntários que tiveram que participar de jogos de azar e que também foram submetidos à ressonância magnética durante as apostas.
  • No teste, os participantes tinham que avaliar uma série de loterias e, em seguida, fazer uma escolha, decidindo quanto de dinheiro queriam investir tentando descobrir informações sobre as chances de ganhar.
  • Alguns bilhetes apresentavam informações mais precisas, enquanto os outros continham menos.
  • Os participantes fizeram algumas escolhas indo pela lógica com o valor referente a quanto dinheiro as pistas dadas poderiam ajudá-los a ganhar o jogo.
  • Os cientistas puderam observar que quando havia apostas mais altas a curiosidade das pessoas sobre as informações aumentava.
  • Os autores constataram que indivíduos eram curiosos não apenas porque tinha algum valor envolvido, mas simplesmente porque querem saber, independentemente de usarmos ou não certas informações.

Resultado do Estudo

De acordo com Ming Hsu, um dos autores do estudo, foi possível observar que o acesso a informações durante o jogo de azar ativava o estriado e o córtex pré-frontal ventromedia, duas regiões envolvidas no circuito de recompensa do cérebro. Essas áreas estão relacionadas ao dinheiro, comida e drogas recreativas e produzem dopamina, um neurotransmissor responsável pela realização dos movimentos voluntários do corpo de forma automática.

De acordo com Pedro Calabrez, sócio-diretor da NeuroVox e pesquisador do Laboratório de Neurociências Clínicas (LiNC) da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo:

Nosso cérebro nasce adorando novidades. A exploração do mundo, buscar e conhecer coisas novas, é parte essencial do desenvolvimento humano

Por Que Nós Somos Tão Curiosos?

Se você chegou até o final desse post, é porque é uma pessoa bastante curiosa, não é mesmo? Bom, temos uma notícia maravilhosa para você! Nós estamos começando um novo projeto chamado Zona Curiosa e por lá você pode encontrar diversas curiosidades incríveis, então corra agora no https://www.zonacuriosa.com para conferir!

Leia Também: Você Sabe Por Que Espirramos?
Leia Também: Por Que Muita Gente Acredita Em Superstições?

Gostou do post? Comenta aqui em baixo e não esquece de compartilhar esse post com os seus amigos!

Advertisement

Leia Mais

Curiosidades

Um dos lançamentos mais esperados do ano, o Disney Plus, ou Disney + gera muita curiosidade em quem ainda não conhece como este novo...