Conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

Curiosidades

Para que serve o Cetoconazol?

Hoje falaremos sobre um remédio que se apresenta em várias formas, o cetoconazol em pílulas, cremes, shampoo, etc. Daremos uma definição básica sobre este medicamento e suas aplicações, porém aconselhamos que não realize auto medicação, pois o uso de remédios sem a supervisão médica pode ser muito perigosa.

Devido ao alto risco de intoxicação hepática, somente se deve usar o cetoconazol caso os benefícios possíveis forem comprovados como superiores aos seus potenciais riscos, ao se considerar outras terapias antifúngicas em sua eficácia. Este medicamento é indicado para tratamento de infecções fúngicas sistêmicas, cromomicose, coccidioidomicose, histoplasmose, blastomicose e paracoccidioidomicose, em pessoas que apresentaram alguma resistência ou falha a diferentes terapias.

Uso do Cetoconazol

Antes de se administrar o cetoconazol, é recomendado que se tenha comprovação clínica e laboratorial da infecção fúngica que precisa ser tratada. Geralmente, o tempo de tratamento de infecção dura 6 meses (1 semestre). O tratamento deve ter continuidade até a remissão da manifestação fúngica.

O cetoconazol, conforme explicaremos a seguir, se trata da versão administrada por via oral (comprimidos), junto às refeições do dia, para melhor absorção da fórmula. Caso a acidez gástrica tiver em atividade reduzida, sua absorção pelo organismo dos comprimidos cetoconazol também é reduzida. No caso de pacientes com acidez gástrica menor, por doença (por exemplo, pacientes que sofrem com acloridria) ou medicação concomitante (pacientes que fazem uso de medicamentos que reduzem sua acidez gástrica, por exemplo), é recomendado administrar o cetoconazol em comprimidos com alguma bebida ácida. Sua atividade antifúngica deverá ser monitorada e sua dose de cetoconazol aumentada, caso necessário.

Cetoconazol também possui outras versões, como pomada: Para infecções fúngicas na pele

Idades para uso do medicamento

(Não mostraremos as quantidades a serem administradas por fins de segurança e para evitar auto medicamento)

  • Crianças pesando mais de 30kg
  • Crianças pesando de 15 a 30 kg
  • Adultos

Obs: Não é recomendado para crianças com peso inferior a 15 kg e abaixo dos 2 anos de idade.

O tratamento deve ser interrompido imediatamente e a função hepática avaliada quando sinais e sintomas indicativos de hepatite, tais como anorexia, náusea, vômito, fadiga, icterícia, dor abdominal ou urina escura ocorrerem.

Propaganda. Role para continuar lendo.

O uso de cetoconazol ainda não foi estudado em crianças abaixo de 2 anos de idade.

Versão em shampoo, para casos como caspa

Contraindicações

O cetoconazol é contraindicado nestes casos:

  • Pacientes hipersensíveis a cetoconazol ou excipientes de sua fórmula;
  • Casos de coadministração de um certo número de substratos de CYP3A4. O aumento da concentração plasmática de tais medicamentos, que é causado por coadministração ao cetoconazol, pode prolongar ambos os efeitos de terapia, se tornando adversos a tal ponto, o que pode propiciar situação potencialmente nociva. Concentrações plasmáticas, por exemplo, aumentadas de algum desses medicamentos podem levar a um determinado prolongamento de seu intervalo QT e taquiarritmias ventriculares, incluindo os chamados “Torsades de Pointes”, arritmia que leva potencialmente à morte.
  • Casos de suspeita de meningite fúngica, uma vez que apresenta baixa penetração no líquido cérebro-espinhal.

Este medicamento não é indicado para uso por pacientes portadores de doença hepática, seja aguda ou crônica.

Versão genérica

Efeitos colaterais

Reações indesejáveis são eventos considerados como razoavelmente ligados ao uso de cetoconazol, tomando por base a avaliação abrangente de informações disponíveis a respeito de adversidades. Uma relação de  causa com cetoconazol não pode se estabelecer com segurança, aplicado a casos individuais. Além do mais, como estudos clínicos são coordenados sob condições muito variáveis, taxas de reações adversas podem ser observadas em estudos clínicos de um determinado medicamento não são passíveis de serem comparadas diretamente a taxas de estudos clínicos de outro medicamento, podendo não refletir nas taxas que puderam ser observadas na prática clínica.

Quaisquer dúvidas, procure orientação médica 🙂

Leia Mais

Curiosidades

É bem provável que você já tenha assistido a vários documentários da vida selvagem. Em sua grande maioria, esses programas trazem uma combinação de...

Curiosidades

O mar sempre aparentou ser um ambiente hostil para a vida humana. Tragédias como a do Titanic exemplificam muito bem o quão facilmente vidas...

Curiosidades

Para que um local receba o título de “país” é necessário que ele possua fronteiras definidas, se sustente economicamente, tenha soberania nacional, além de...

Curiosidades

O papel higiênico é uma daquelas coisas indispensáveis dos tempos modernos, pelo menos no mundo ocidental. Hoje em dia, viver sem esse item pode...

Curiosidades

Quando se fala nos Estados Unidos, coisas como as movimentadas avenidas de Nova York e as ensolaradas praias de Miami surgem constantemente em nossas...

Curiosidades

Estamos acostumados a ouvir falar de diversas criaturas mitológicas, inclusive boa parte delas já foram mencionadas em diversos livros. Além disso, já vimos algumas...

Curiosidades

Certamente você já ouviu falar bastante da ONU, a organização que reúne sempre os líderes mundiais. Costumamos ouvir bastante sobre ela principalmente nos jornais,...

Curiosidades

No decorrer da história grandes invenções começaram a surgir, algumas que de certa forma mudaram as nossas vidas, outras que de fato pareciam ser...