Curiosidades

17 fatos interessantes sobre a Bolívia

17 fatos interessantes sobre a Bolívia

A Bolívia é um país etnicamente diverso e que possui inúmeros atrativos naturais para aqueles que adoram curtir aventuras em terras estrangeiras, mas apesar de ser nosso vizinho, pouquíssimos brasileiros conhecem alguma coisa relacionada à cultura e história desse país.

Pensando nisso, listamos 17 curiosidades que vão expandir o seu conhecimento sobre as terras bolivianas e que podem até servir de inspiração para o planejamento de sua próxima viagem de férias.

1. O nome do país vem do líder militar e político venezuelano Simon Bolívar, que liderou a independência não só da Bolívia, mas também da Venezuela, Equador, Peru e Colômbia do comando dos espanhóis em 1825. Ele também foi oficialmente o primeiro presidente do país.

2. A 3.650m acima do nível do mar, La Paz é extraoficialmente a capital mais alta do mundo.

3. Apesar de Sucre continuar sendo oficialmente a capital constitucional do país, La Paz é a sede do governo da Bolívia desde 1898. Por causa disso, o país é sempre apontado como uma das república que possuem duas capitais.

4. El Alto, com 4.150m acima do nível do mar e com uma população de mais de 1.184.000 habitantes, é considerada a cidade grande mais alta do mundo. Nessa projeção, as cidades “grandes” que foram levadas em conta são aquelas que possuem mais de 100 mil residentes.

5. Algumas zebras (ou melhor, pessoas vestidas de zebras) vagam pelas ruas de La Paz ajudando as crianças a atravessar a rua de maneira segura, ao mesmo tempo que educam motoristas e pedestres sobre questões de segurança nas estradas.

Zebras no trânsito? Na Bolívia isso é normal!

6. A estrada Camino a Los Yungas, a 56 km de La Paz, é conhecida como a “estrada mais perigosa do mundo”. Estimativas sugerem que cerca de 100 pessoas morrem a cada ano em trechos da estrada, que possui menos de 50 quilômetros de extensão.

7. A prisão San Pedro serve como uma atração turística. Isso acontece porque, ao contrário de outros presídios ao redor do mundo, essa prisão especial permite que seus detentos morem com suas famílias, trabalhem, ganhem dinheiro e que até mesmo aluguem suas acomodações.

8. A Bolívia é um dos dois países da América do Sul que não possuem litoral (o outro é o Paraguai). Os bolivianos perderam 420 milhas da costa do Oceano Pacífico para o Chile na Guerra do Pacífico durante a década de 1880.

9. Em 2006, Evo Morales se tornou o primeiro presidente indígena do país.

10. A Bolívia tem incríveis 37 idiomas oficiais! Os principais e mais falados são o espanhol, quíchua, aimará e guarani.

11. O país é o lar do Salar de Uyuni, o maior deserto de sal do mundo e que também é chamado de “maior espelho da Terra”, por causa de sua superfície reflexiva. Com 10.582 quilômetros quadrados, esse deserto sempre atrai turistas de todas as partes do mundo.

O belíssimo Salar de Uyuni.

12. Para aqueles que têm um interesse especial em dinossauros, pode ser interessante saber que existem mais de 5 mil pegadas de pelo menos 8 espécies diferentes de dinossauros no sítio arqueológico boliviano Cal Orcko. As marcas possuem mais de 68 milhões de anos.

13. As mulheres camponesas bolivianas são chamadas de cholitas. Algumas delas costumam ganhar a vida encenando lutas livres e acabam virando atração por onde passam.

14. A carne de porquinhos-da-índia é comida tradicional. Ela é uma parte importante da dieta principalmente dos bolivianos que vivem nas terras altas dos Andes, pois os porquinhos-da-índia exigem muito menos espaço de criação do que os animais tradicionais, além de se reproduzirem com extrema rapidez.

15. Um relógio no edifício do Congresso Nacional, que fica localizado na praça principal de La Paz, funciona no sentido oposto. Segundo os governantes essa medida foi tomada para “lembrar os cidadãos de pensar de formas diferentes”.

Relógio bem diferente, não?

16. O Lago Titicaca, que atravessa a fronteira entre o Peru e a Bolívia, é o lago navegável mais alto do mundo. Ele fica a 3.812 metros acima do nível do mar e também é o maior lago da América do Sul em volume.

17. É bastante comum ver bolivianos mascando folhas de coca em pleno ar livre. Essa tradição serve para combater os efeitos da altitude no corpo.

Interessante, não é mesmo? Compartilhe o post e deixe o seu comentário!

Leia Também: